Medo do desemprego do brasileiro aumenta 36,8% em 2015, aponta CNI

DESEMPREGO 1O índice atingiu 102,3 pontos, ficando acima da média histórica de 88,4 pontos

Os brasileiros começam 2016 mais preocupados com a estabilidade profissional.  De acordo com um levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Índice do Medo do Desemprego aumentou 36,8% em dezembro do ano passado em relação ao mesmo mês em 2014. O índice atingiu 102,3 pontos, ficando acima da média histórica de 88,4 pontos.

A pesquisa foi realizada com 2.002 pessoas em 143 cidades. De acordo com os dados, no último trimestre de 2015, o maior crescimento do medo do desemprego ocorreu em municípios com menos de 20 mil habitantes, nos quais o índice subiu para 106,8 em dezembro. Em cidades com mais de 100 mil habitantes, o índice caiu de 105,5 pontos em setembro para 101,3 pontos em dezembro.

Segundo a CNI, o Índice do Medo do Desemprego é maior entre pessoas com ensino superior e as que possuem uma renda familiar superior a dez salários mínimos.  A confederação também mediu o Índice de Satisfação com a Vida do brasileiro, que encerrou 2015 em 95,1 pontos, um resultado 8,1% menor do que o identificado em dezembro de 2014.

IG