Menina morre em hospital da PB após ter reação a medicamento, diz família - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Menina morre em hospital da PB após ter reação a medicamento, diz família

criANÇA MORTA NO TRAUMAUma criança de 11 anos morreu no Hospital Municipal Valentina Figueiredo na noite de terça-feira (3) em João Pessoa com suspeitas de complicação médica causadas por um medicamento. De acordo com o pai da menina, Lenivaldo da Silva, a filha foi levada para a unidade com uma crise de asma, foi submetida a uma nebulização com uma substância que lhe causou uma reação alérgica e não resistiu.

A mãe da criança, Luciana Gonzaga Viegas, afirmou que a equipe médica do hospital foi avisada sobre o medicamento em questão e as reações alérgicas que causavam em sua filha. “Disseram que iam diminuir a dosagem, eu tinha dito que ela não se dava com o remédio”, comentou. Indignados com o desfecho, parentes se aglomeraram na entrada do hospital.

“Cheguei aqui e minha filha já estava morta. Procurei pelo pessoal, mas ninguém me disse nada. A gente traz uma filha para um hospital, com saúde, boa, e recebe ela morta”, desabafou Lenivaldo da Silva. O tio da menina, Fabiano Gonzaga, relatou que tentou entrar no hospital para reconhecer o corpo da sobrinha, mas foi segurado e impedido de entrar na unidade. “Tentei vê-la, mas os guardas e o policial não deixaram. Eles me agrediram, machucaram meu corpo”, completou.

O diretor técnico do Hospital Valentina Figueiredo, Antônio Roberto, informou que a direção do hospital só poderá se posicionar a respeito do caso a partir do resultado do exame que determinará a causa da morte da menina. A autópsia deve ser realizada ainda na manhã desta quarta-feira (4), de acordo com o diretor técnico do hospital municipal de João Pessoa.

 

G1.PB