Messi fica fora da convocação da Argentina para amistosos nos Estados Unidos

Messi fica fora da convocação da Argentina para amistosos nos Estados Unidos

Rumores divulgados na Argentina sugerem que Messi pediu para não atuar nos amistosos de 2018

Rumores divulgados na Argentina sugerem que Messi pediu para não atuar nos amistosos de 2018 (Foto: REUTERS/Dylan Martinez)

Na primeira convocação da seleção da Argentina após a Copa do Mundo da Rússia, o craque Lionel Messi não foi chamado. Nesta sexta-feira, 17, atendendo a um pedido do próprio atacante do Barcelona para não defender mais o país neste ano, o técnico interino Lionel Scaloni, que comandará a equipe junto com o ex-meia Pablo Aimar, divulgou uma lista de 29 jogadores para os amistosos de setembro contra Guatemala (dia 7) e Colômbia (dia 11), nos Estados Unidos.

Durante a semana, informações divulgadas na Argentina davam conta que Lionel Messi pediu para não ser mais convocado pela seleção em 2018, quando o time só fará amistosos – a próxima competição oficial será a Copa América de 2019, que ocorrerá entre 14 de junho e 7 de julho, no Brasil. No Mundial da Rússia, os argentinos fizeram uma fase de grupos irregular e caíram nas oitavas de final para a França, que seria campeã mais tarde.

Quem volta a figurar na lista de convocados são os atacante Mauro Icardi (Internazionale) e Paulo Dybala (Juventus), o goleiro Sergio Romero (Manchester United) e o meia Giovani Lo Celso (Paris Saint-Germain). As novidades são os também atacantes Lautaro Martínez (recém-contratado pela Internazionale junto ao Racing) e Giovanni Simeone (Fiorentina e filho de Diego Simeone).

Confira a lista de convocados da Argentina para amistosos em setembro:

Goleiro – Franco Armani (River Plate), Gerónimo Rulli (Real Sociedad-ESP) e Sergio Romero (Manchester United-ING)

Defensores – Fabricio Bustos (Independiente), Gabriel Mercado (Sevilla-ESP), Germán Pezzella (Fiorentina-ITA), Ramiro Funes Mori (Villarreal-ESP), Alan Franco (Independiente), Nicolás Tagliafico (Ajax-HOL), Walter Kannemann (Grêmio-BRA), Leonel Di Plácido (Lanús), Eduardo Salvio (Benfica-POR) e Marcos Acuña (Sporting Lisboa-POR)

Meias – Leandro Paredes (Zenit St.Petersaburg-RUS), Santiago Ascacibar (Stuttgart-ALE), Rodrigo Battaglia (Sporting Lisboa-POR), Gonzalo Martínez (River Plate), Giovani Lo Celso (Paris Saint-Germain-FRA), Franco Cervi (Benfica-POR), Maximiliano Meza (Independiente), Matías Vargas (Vélez Sarsfield), Franco Vázquez (Sevilla-ESP) e Ezequiel Palacios (River Plate)

Atacantes – Angel Correa (Atlético de Madrid-ESP), Lautaro Martínez (Internazionale-ITA), Mauro Icardi (Internazionale-ITA) Giovanni Simeone (Fiorentina-ITA), Cristian Pavón (Boca Juniors) e Paulo Dybala (Juventus-ITA).

Band