João Pessoa 26/05/2019

Início » Mundo » Mídia revela segredo principal sobre invulnerabilidade do drone submarino russo Poseidon

Mídia revela segredo principal sobre invulnerabilidade do drone submarino russo Poseidon

O ataque do novo drone submarino russo Poseidon, que já está passando por testes, será impossível de repelir devido às peculiaridades de sua manobrabilidade.

O jornal russo Izvestia enfatiza que a caminho de seu alvo o Poseidon manobrará continuamente. Considerando a velocidade e a profundidade, será impossível para o inimigo repeli-lo.

Novíssimo míssil russo Avangard (foto de arquivo)

Ao comparar o novo drone com outras amas russas, o jornal indica que o míssil russo hipersônico Avangard também pode mudar sua direção e altitude de voo, tornando sua trajetória imprevisível e praticamente impossível de interceptar.No entanto, embora o drone subaquático nuclear russo Poseidon seja muito mais lento que o Avangard — sua velocidade máxima será de cerca de 200 quilômetros por hora — ele supera significativamente as capacidades dos modernos submarinos que navegam à velocidade de 60 quilômetros por hora.

A alta velocidade do Poseidon é possível devido a uma cavidade com vapor de água que se forma durante o movimento, o que reduz a resistência da água.

O Poseidon já está passando por seus primeiros testes. É capaz de se mover a uma profundidade de 1.000 metros, ou seja, além do alcance dos sonares a bordo dos navios.

Míssil russo Avangard

Ele tem um reator nuclear para impulsioná-lo e espera-se que seja equipado com uma ogiva termonuclear de 2 megatons. Está previsto que a Marinha russa o deva receber até ao fim do programa estatal de defesa aprovado para até 2027.Mais cedo, a mídia ocidental avaliou as possíveis consequências do uso de drone subaquático nuclear russo Poseidon, destacando que suas capacidades de combate causam “preocupações genuínas” aos especialistas americanos.