“Minha mãe não está do meu lado”, desabafa namorada de Rafael Miguel

“Minha mãe não está do meu lado”, desabafa namorada de Rafael Miguel

Isabela Tibcherani, 18 anos, revelou em entrevista ao Balanço Geral São Paulo que a mãe dela não vai ajudar nas investigações do triplo assassinato que culminou na morte do ator Rafael Miguel, 22 anos, e dos pais dele. O pai de Isabela, Paulo Cupertino Matias, 48 anos, é o principal suspeito dos crimes.

“Minha mãe não está do meu lado, por incrível que pareça. Ela não vai ajudar as investigações, mas nem vai precisar disso porque já conseguiram imagens dele. Se fosse pra contar com ela, eu estaria sozinha. Não quero nem vê-la”, disse.

Segundo Isabela, Paulo Matias teria planejado o crime. “Ele é misógino, agressor, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar”, disse ela. “Ainda não consigo acreditar, mas estou me esforçando. Juro que o máximo que pensei que fosse possível era meu pai sair na mão [briga de socos]. Mas quando eles [Rafael e os pais] chegaram, ele me mandou entrar e começou a atirar”, declarou a namorada de Rafael.

“Eu não estou com medo porque não tenho nada a perder, temo pelas pessoas que estão comigo, que estão me protegendo. Ele não atirou em mim porque não queria”, afirmou Isabela, que desmentiu ao vivo os boatos de que estaria grávida.

Crime
Rafael Miguel foi assassinado a tiros em São Paulo no último domingo (09/06/2019). O pai e a mãe do jovem, João Alcisio Miguel, 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50, também foram executados. O sogro de Rafael é o principal suspeito. Ele teria fugido e segue procurado pela Polícia Civil de São Paulo, que investiga o caso.

Os três teriam ido até a casa de Isabela para conversar sobre o relacionamento dos dois. A jovem fez uma breve publicação no Stories do Instagram. “Estou bem, dentro do possível”, escreveu.

Após a notícia das mortes, o jornalista Luiz Bacci, da TV Record, deu detalhes do caso em suas redes sociais.

Ao compartilhar um vídeo exclusivo do último beijo do jovem na namorada, Isabela Tibcherani, 18, o apresentador do Cidade Alerta pontuou na legenda de um post no Instagram que o encontro teria ocorrido um dia antes de o ator e seus pais serem executados pelo pai dela, segundo informam testemunhas e a polícia.

“O namoro proibido era controlado de perto por Paulo Cupertino Matias. Um homem possessivo e temido por toda a família e amigos. Ele fugiu após ter atirado. Estou fazendo esse post aqui para me solidarizar com Isabela que é tão vítima quanto os que morreram”, comentou.

Na postagem, Bacci ainda menciona que a menina teria ajudado Rafael a se livrar da depressão e era a única responsável pelo sorriso do menino nos últimos meses. “Esforçado e talentoso, Rafael Miguel sentiu o sabor do sucesso, mas sofreu com a instabilidade da carreira que escolheu.”

Ele também rebate os boatos que circulam nas redes sociais de que a jovem estaria gestante. “Ao contrário do boato divulgado, Isabela não está grávida. Amigos dizem que o pai ciumento e doente fez com que ela apagasse todas as conversas com o namorado do telefone. Mas as boas lembranças, se Deus quiser, vão superar o trauma que essa menina viveu hoje.”

Metrópoles