Ministério das Cidades: Vieira Fernandes será o substituto de Aguinaldo Ribeiro Entrada x

ministroA colunista do Correio Braziliense, Denize Rothenburg, anuncia hoje em sua coluna as mudanças que ocorreram no Ministério das Cidades e as que irão ocorrer até o prazo final de  desincompatibilização para os políticos que irão disputar as eleições de 2014.

 

A reforma ministerial movimenta os bastidores da política. No Ministério das Cidades, por exemplo, diante da decisão do ministro Aguinaldo Ribeiro de concorrer, no mínimo, a um novo mandato de deputado federal em 2014, o papel de secretário executivo trocou de mãos. Saiu Alexandre Cordeiro de Macedo, que era técnico da Controladoria-Geral da União (CGU), indicado pelo presidente do partido, Ciro Nogueira. E entrou Carlos Antonio Vieira Fernandes, servidor da Caixa Econômica Federal, que ocupava a Diretoria de Desenvolvimento Institucional na secretaria executiva. Há quem diga que a ascensão de Vieira Fernandes está apenas começando. Por ser ligado ao ministro e ter recebido sinal verde de Dilma para a secretaria, não está descartado que o servidor fique no lugar de Aguinaldo em um futuro próximo.

 

Correio Braziliense