João Pessoa 21/05/2019

Início » Brasil » Ministro do TCU, Bruno Dantas manda investigar imóveis milionários da CNC

Ministro do TCU, Bruno Dantas manda investigar imóveis milionários da CNC

Tribunal vai tirar a limpo a compra de apartamentos por R$24,4 milhões

O procurador Julio Marcelo de Oliveira (esq), atacado pela CNC, foi colega do ministro Bruno Dantas no Senado.

O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), determinou investigação de uso irregular de recursos da Confederação Nacional do Comércio (CNC) para compra de dois imóveis de luxo no Rio de Janeiro, ao custo de R$24,4 milhões, para hospedar o presidente da entidade, José Roberto Tadros, e outros três diretores. É necessária, alega Bruno Dantas, em razão da gravidade dos fatos. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A decisão foi tomada após a CNC acusar o procurador Júlio Marcelo de Oliveira de “atuação criminosa”. Isso provocou mal-estar no TCU.

Bruno Dantas é o ministro mais afinado com Júlio Marcelo, que foi seu colega do concurso de consultor legislativo do Senado, em 2002.

As irregularidades apontadas no relatório levaram Júlio Marcelo a pedir a suspensão da eleição que levou José Tadros à presidência da CNC.

Diário do Poder