Os ministros do Interior europeus e americano se reunirão no próximo domingo, em Paris

Ministro francês convoca reunião internacional para combater o terrorismo

Os ministros do Interior europeus e americano se reunirão no próximo domingo, em Paris, para coordenar a luta contra o terrorismo praticado por extremistas islâmicos, após o ataque contra o semanário francês Charlie Hebdo, anunciou nesta quinta-feira o titular francês da pasta, Bernard Cazeneuve.

“Para eles, trata-se, também, de manifestar solidariedade à França, seu repúdio ao terrorismo, mas também para ter uma troca conosco sobre este desafio comum que os terroristas nos apresentam e que só poderá ser resolvido de forma comum na União Europeia e fora dela”, acrescentou o ministro francês, em declarações à imprensa.

O encontro foi convocado por Cazeneuve um dia depois do ataque, o mais mortal na França em meio século, e que provocou comoção em todo o mundo.No atentado, cuja autoria é atribuída a dois jovens extremistas islâmicos, morreram doze pessoas: oito colaboradores do jornal, entre eles cinco cartunistas, um visitante, um funcionário da limpeza e dois policiais.

Cazeneuve contou ter convidado a participar do encontro seus colegas dos “países europeus mais afetados pelo terrorismo”, o comissário europeu do Interior, Dimitris Avramopoulos, o coordenador europeu para a luta contra o terrorismo, Gilles de Kerchove, assim como o ministro da Justiça e o secretário de Segurança Interior americanos, Eric Holder e Jeh Johnson.

O procurador-geral americano, Eric Holder, já confirmou sua participação no evento, segundo informações do Departamento de Justiça, em Washington. O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, anunciou nesta quinta-feira, em Riga (capital lituana), a intenção de propor aos Estados-membros do bloco um novo programa de combate ao terrorismo.