Moisés mira recomeço no Palmeiras após rápida recuperação

moisesPrestes a voltar aos coletivos, Moisés quer mostrar trabalho por vaga no time do Verdão
Moisés encarou os jornalistas, nesta segunda-feira (9 de maio), como se fosse a primeira vez. Após chegar ao Verdão em janeiro, o jogador viu a trajetória interrompida por uma fratura no pé e teve de se ausentar por mais de dois meses.

Depois de superar a perspectiva dos médicos do clube, que calculavam em quatro meses o período de recuperação, e antecipar o retorno, o jogador agora quer fazer valer o tempo de espera naquilo que chamou de terceira estreia – e disse encarar como um recomeço a chance de voltar a integrar o grupo.

“Dois meses pareceram um ano. A ansiedade é grande. Trabalhei todos os dias em dois períodos e agora, que vou voltar, espero me dedicar ao máximo. Gosto de participar do jogo. Espero ajudar dessa forma. Agora nesses dias em Atibaia vamos melhorar mais ainda e chegar forte no Brasileiro”, declarou.

Contratado do Rijeka (CRO), clube pelo qual atuou como capitão nos últimos anos, Moisés estreou – de maneira não oficial – no torneio de verão disputado no Uruguai, em janeiro, e inclusive marcou um gol sobre o Libertad (PAR). No Paulistão, a estreia foi contra o Linense, no Allianz Parque – na mesma partida em que se lesionou.

 

Recuperado mais de um mês antes do prazo, Moisés deve voltar aos treinos coletivos durante a estadia no interior paulista. O regime de atividades começa a partir desta terça pela manhã, e se estende, em dois períodos, até sexta, véspera do jogo contra o Atlético-PR, no Allianz – para o qual 14 mil ingressos já foram vendidos.

Fora da primeira ida a Atibaia (SP), em março deste ano, por ainda estar impossibilitado de compor as atividades, Moisés mira um recomeço no clube já ciente da pressão imposta pelas seguidas eliminações do primeiro semestre. O resultado, de acordo com o meia, já pode aparecer logo na primeira partida.

“Será um recomeço para mim, tomara que com vitórias e grandes atuações. Carregamos pressão aqui. Temos que brigar para sermos campeões e carregamos isso quando vestimos essa camisa. A gente tem que aprender a conviver com isso e tirar o melhor”, enalteceu o jogador, pedindo por uma vitória já contra o Furacão.

Invicto há sete partidas, o Palmeiras não sabe o que é perder desde que retornou de Atibaia. O retiro proposto pelo técnico Cuca, após início crítico de trabalho, deu resultado: foram cinco vitórias e dois empates, incluindo uma vitória sobre o rival Corinthians, no intervalo de pouco mais de um mês.

Fox Sports