João Pessoa 23/04/2019

Início » Variedades » ‘Montanhista do biquíni’ morre após cair de barranco em Taiwan

‘Montanhista do biquíni’ morre após cair de barranco em Taiwan

Uma alpinista de Taiwan que ficou conhecida nas redes sociais por se fotografar de biquíni no topo das montanhas morreu ao cair de um barranco. Os socorristas tentam recuperar seu corpo.

Gigi Wuwu, de 36 anos, utilizou, no sábado, uma linha telefônica via satélite para avisar a amigos que havia caído em um desfiladeiro no parque nacional de Yushan, em Taiwan. Ela alertava que estava gravemente ferida.

As más condições meteorológicas impediram socorristas de chegarem ao local do acidente a tempo. Os serviços de emergência localizaram o corpo na segunda-feira, mas a mulher já havia falecido.

Segundo as autoridades, a vítima explicou a seus amigos que caiu de 20 a 30 metros de altura e que não conseguia mexer a parte inferior do corpo.

Gigi Wu se soma a uma série de aventureiros nas redes sociais a morrer.

Em outubro de 2018, o Journal of Family Medicine and Primary Care, publicação sobre medicina familiar e primeiros cuidados, informou que cerca de 260 pessoas haviam morrido pelo mundo, nos últimos anos, enquanto faziam selfie.

A jovem de Taiwan somou muitos seguidores com suas publicações de autorretratos de biquíni em cima das montanhas.

Em entrevista ao canal local FTV, na semana passada, ela explicou que escalou mais de cem picos em quatro anos.

— Coloquei um biquíni em cada uma dessas cem montanhas. De fato, só tenho 97 biquínis, então precisei vestir alguns várias vezes — ressaltou ela, antes de ser questionada por que agia daquela maneira. — É tão lindo. Por que eu não faria?

As autoridades indicaram que os socorristas precisaram caminhar durante 28 horas antes de chegar ao corpo da vítima.