Morre famoso radialista do Sistema Correio; ele lutava contra um grave problema hepático

correioMorreu nesta terça-feira (12) em Campina Grande, o radialista Luiz Alberto. Ele tinha 55 anos e estava internado há várias semanas com problemas hepáticos. Na manhã de hoje, o comunicador não resistiu e veio a óbito.

Luiz Alberto militava há alguns anos na imprensa de Campina Grande. Trabalhou em várias emissoras na Rainha da Borborema, mas obteve grande destaque na 98 FM do Sistema Correio, onde virou líder absoluto de audiência, comandando o programa Correio da Manhã ao lado de Morib Macedo, Carlos Souza e Oscar Neto.

O radialista recentemente, já em tratamento, tentou por duas oportunidades retornar aos microfones do Correio da Manhã, mesmo sob atestado médico, mas poucos dias depois voltava a sentir fortes dores renais. Sua voz embargada e seu estilo folclórico foram preponderantes para sua popularidade no jornalismo da 98 FM em Campina Grande.oscar neto

Pernambucano de nascimento, Luiz Alberto também atuou no rádio e na TV em Caruaru durante muitos anos, e fez sucesso com o quadro “Carrocinha”. Apresentou também o programa “O Povo na TV”, sucesso de audiência no interior pernambucano no início dos anos 2000. Luiz Alberto deixa vúva, três filhos e dois netos.

PB Agora