Morre o ator Christopher Lee, aos 93 anos.

cristhoperRIO — O ator britânico Christopher Lee, famoso por interpretar o Conde Drácula em diversos filmes e também pelos papéis em “Senhor dos anéis”, “Star Wars” e “007 contra o homem com a pistola de ouro”, morreu aos 93 anos. Lee estava internado havia três semanas no Chelsea and Westminster Hospital por problemas respiratórios e insuficiência cardíaca.

A família do ator confirmou a notícia ao portal do jornal “Telegraph”. Lee morreu no último domingo, mas Birgit Kroencke, casada com Lee desde 1961, preferiu adiar o anúncio da morte do marido por alguns dias até informar familiares próximos.

Sir Christopher Lee nasceu no dia 27 de maio de 1922, em Londres. Sua carreira começou na década de 1940, mas foi em “Vampiro da noite”, de 1958, que teve início o seu estrelato. No longa, ele interpretou o Conde Drácula e contracenou com Peter Cushing, de quem se tornou um grande amigo até a morte de Cushing, em 1994.

Lee voltaria a viver o papel de Drácula em diversos outros filmes, como “Drácula, o vampiro do sexo” (1963), “Drácula, o príncipe das trevas” (1966), “Drácula, o perfil do diabo” (1968) e “Drácula, pai e filho” (1976). Em uma entrevista ao “Telegraph” em 2011, ele disse que já estava cansado de ser lembrado por esses filmes: “Por favor, não me descreva como uma ‘lenda do terror’. Já passei dessa fase”.

Na década de 1970, se tornou um dos vilões preferidos dos fãs da franquia James Bond pelo papel de Scaramanga em “007 contra o homem com a pistola de ouro” (1974). No ano anterior, já tinha encantado por sua atuação em “O homem de palha”.

Nas últimas décadas, conquistou uma nova geração de fãs pelo papel de Conde Dookan em “Star wars: Episódio II – Ataque dos clones” e “Star wars: Episódio III – A vingança dos Sith” e Saruman na franquia “Senhor dos anéis”.

Christopher Lee recebeu o título de cavaleiro da nobreza britânica em 2009. Dois anos depois, foi homenageado no BAFTA, espécie de Oscar do cinema britânico, quando afirmou que jamais se aposentadoria. “Eu odeio ficar ocioso. Como meu querido Boris (Karloff) costumava dizer, quando eu morrer, quero morrer com minhas botas”, afirmou naquela ocasião.

Grande fã de heavy metal, Lee comemorou, em 2014, seu aniversário de 92 anos lançando o EP “Metal knight”, ao lado da banda italiana Rhapsody Of Fire. Entre as faixas, uma versão metal de “My way”, clássico de Frank Sinatra. Em sua carreira musical, o britânico lançou quatro álbuns e três EPs do gênero.

O Globo