garoto

Morte de garoto em João Pessoa mostra perigo de usar celular ligado à tomada

gabriel morreu choqueA morte do estudante Gabriel da Silva Bezerra, de 12 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, no domingo (24), em João Pessoa, em decorrência de choque elétrico enquanto utilizava o celular com o aparelho ligado à tomada chamou atenção para os riscos da prática. Corpo de Bombeiros fez um alerta para o perigo.

De acordo com familiares, o estudante foi levado para o Hospital Municipal de Valentina, no bairro do mesmo nome, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade. Ele foi submetido a reanimação cardiopulmonar, mas não sobreviveu.

A família informou aos médicos que o estudante levou um choque enquanto manuseava o aparelho celular ligado à tomada. O corpo de Gabriel foi enterrado nessa segunda-feira (25).

A tenente Aline Moreira, do Corpo de Bombeiros, disse que a corporação tem recebido casos recorrentes de choques envolvendo crianças e adolescentes. Ela fez um alerta para o perigo do choque e utilizar o celular carregando.

Portal Correio