Motoristas pedem regulação de transporte por aplicativos em toda à Paraíba, veja o vídeo

Motoristas de ônibus, taxistas e motoboys protestaram no Centro de João Pessoa, na manhã desta quarta-feira (27), contra a presença dos motoristas de aplicativo na Capital. A manifestação parou ruas e causou caos no trânsito.

Em entrevista à TV Correio, o presidente do Sindicato dos Motoristas da Paraíba, Antônio de Pádua, afirmou que as empresas de transporte coletivo estão demitindo motoristas por conta da queda na quantidade de passageiros.

“Em 2015, nós transportávamos 9,2 milhões de passageiros por mês, mas agora em fevereiro estamos transportando 4,9 milhões. Na hora que o passageiro sai do ônibus a empresa demite”, disse Antônio.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoboys, Ernani Bandeira, a presença de entregadores que trabalham por aplicativo também está causando demissão e problemas nas contratações.

“Nós motoboys estamos prejudicados por esses motoristas de aplicativos. Já ultrapassa mais de 1.180 trabalhadores que deixaram de ter as carteiras assinadas e estão sendo explorados por esse aplicativo. Também houve aumento de 18% no número de acidentes, porque eles recebem por entrega e trafegam com muita velocidade”, contou Ernani Bandeira.

Após o protesto, parte dos manifestante foi até a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) para pedir que os vereadores retomem a discussão de um projeto de lei que disciplina a atuação, estabelece cobrança de imposto e limita o número de carros de aplicativos circulando na cidade. O projeto segue parado desde o ano passado.

Portal Correio