João Pessoa 10/12/2018

Início » Notícias » MPF investigará prefeitura por supostas irregularidades em licitação com empresa de material de limpeza

MPF investigará prefeitura por supostas irregularidades em licitação com empresa de material de limpeza

Prefeitura de Lagoa, no Sertão, realizou empenhos de R$ 170,2 mil para a empresa Cláudia Maria de Sousa e Silva-ME, e foram pagos R$ 73,7 mil

O Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB) instaurou inquérito civil para apurar supostas irregularidades em procedimentos licitatórios conduzidos pelo Município de Lagoa, no Sertão paraibano, e vencidos pela empresa Cláudia Maria de Sousa e Silva-ME. A informação está publicada na edição desta sexta-feira (30) do Diário Oficial do órgão.

O extrato de promotoria está assinado pelo Procurador da República Eliabe Soares da Silva, que autorizou a conversão de procedimento preparatório para inquérito civil, sendo assim, iniciando a investigação.

De acordo com dados do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), a prefeitura de Lagoa realizou empenhos de R$ 170,2 mil para a empresa Cláudia Maria de Sousa e Silva-ME, e foram pagos R$ 73,7 mil.

Ainda segundo o Sagres, a empresa realizava o fornecimento de materiais de limpeza para a prefeitura.

Blog do Gordinho