MPF investigará prefeitura por supostas irregularidades em licitação com empresa de material de limpeza

MPF investigará prefeitura por supostas irregularidades em licitação com empresa de material de limpeza

O Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB) instaurou inquérito civil para apurar supostas irregularidades em procedimentos licitatórios conduzidos pelo Município de Lagoa, no Sertão paraibano, e vencidos pela empresa Cláudia Maria de Sousa e Silva-ME. A informação está publicada na edição desta sexta-feira (30) do Diário Oficial do órgão.

O extrato de promotoria está assinado pelo Procurador da República Eliabe Soares da Silva, que autorizou a conversão de procedimento preparatório para inquérito civil, sendo assim, iniciando a investigação.

De acordo com dados do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), a prefeitura de Lagoa realizou empenhos de R$ 170,2 mil para a empresa Cláudia Maria de Sousa e Silva-ME, e foram pagos R$ 73,7 mil.

Ainda segundo o Sagres, a empresa realizava o fornecimento de materiais de limpeza para a prefeitura.

Blog do Gordinho