João Pessoa 22/05/2019

Início » Policial » Mulher é assassinada com mais de 50 facadas pelo ex-companheiro em Campina Grande

Mulher é assassinada com mais de 50 facadas pelo ex-companheiro em Campina Grande

Luciana Buriti Ferro estava na residência da ex-sogra na quarta-feira (30), visitando o filho, quando discutiu com o ex-companheiro.

Luciana foi socorrida por uma viatura policial para o Hospital de Trauma de Campina Grande. (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 23 anos foi assassinada com mais de 50 facadas pelo ex-companheiro na madrugada desta quinta-feira (31), em Campina Grande, na Paraíba. Luciana Buriti Ferro estava na residência da ex-sogra na quarta-feira (30), visitando o filho, quando discutiu com o ex-companheiro.

Testemunhas afirmaram que o suspeito teria visto mensagens no celular da vítima, e essa pode ser a causa do homicídio. Após cometer o crime o suspeito fugiu.

Luciana foi socorrida por uma viatura policial para o Hospital de Trauma de Campina Grande. De acordo com o médico Ronaldo Gadelha, a vítima chegou no hospital consciente, porém coberta de sangue e entrando em choque.

“Pelo que eu vi, presenciei e trabalhei em cima delas, tinha mais de 50 facadas.”

O médico ainda disse que a vítima chegou  a ir ao bloco cirúrgico e possui perfurações não região do pescoço, rosto, tórax, com dificuldade de respirar e precisou ser entubada.

” Peguei um acesso central porque estava sem sangue. Ela perdeu quase todo o sangue do corpo. As perfurações torácicas foram enormes”, afirmou o médico.

Porém o que impressionou o médico é que as perfurações foram da região do tórax para a cabeça.

O corpo de Luciana foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com a Central de Polícia de Campina Grande, o suspeito do crime continua foragido.

ClickPB