João Pessoa 11/12/2018

Início » Cidades » Mulher leva dois tiros no ombro na frente da filha, de 7 anos

Mulher leva dois tiros no ombro na frente da filha, de 7 anos

Uma mulher de 29 anos foi atingida por dois tiros no ombro, na frente da filha, de 7 anos, na QR 210 de Santa Maria, na noite dessa segunda-feira (19/11). Os responsáveis pelos disparos seriam dois menores de 18 anos. E a motivação do crime, vingança, uma vez que um dos envolvidos, uma adolescente de 17 anos, teve um caso com o marido da vítima, preso há dois anos por tráfico de drogas. O comparsa dela, de 15, foi apreendido e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), unidade responsável pela investigação.

Segundo depoimento da vítima à polícia, ela saía do Conselho Tutelar da região administrativa, quando percebeu que havia algo errado. “Eu estava indo para a parada de ônibus com a minha filha e vi o primo dela (da suspeita) na esquina, me olhando. Achei estranho. Ao olhar novamente, ela (adolescente) já estava bem na minha frente, apontando a arma”, contou.
“Antes que ela começasse a atirar, eu tive muito medo pela minha filha e disse: ‘Eu estou com a minha filha’. Mas ela só respondeu: ‘Que filha p… nenhuma’, e começaram os disparos”, afirmou a vítima. Dois tiros atingiram o ombro da mulher. A acusada fugiu do local em uma bicicleta, acompanhada do primo.
A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional de Santa Maria, onde ficará internada para passar por uma cirurgia, pois os tiros acertaram ossos. “Ela fez isso por ciúmes, inveja”, alegou.
A suspeita teria se envolvido com o marido da vítima antes de ele ser preso, em 2016. Ela engravidou e deu à luz o filho deles. Desde então, as duas se envolvem em discussões, de acordo com a Polícia Militar.
O primo da adolescente foi encontrado horas após o crime, na QR 310 de Santa Maria. Ele disse que não sabia onde estava a suspeita, mas indicou aos militares a arma usada no crime. Os policiais apreenderam o armamento na casa de uma familiar da jovem. A adolescente é procurada e responderá pelo ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio.
Correio Braziliense