Musa do Vasco e da Tiva, capixaba festeja dois títulos em 24 horas

musa vascoMusa da Desportiva e do Vasco, a capixaba Paula Dornelas (mineira de nascimento, mas veio para o Estado aos 15 dias de vida, já que os pais já moravam aqui) teve um fim de semana inesquecível. Em menos de 24 horas ela presenciou in loco suas duas paixões conquistarem as taças de seus respectivos estaduais.

No sábado, a moradora de Cariacica foi um dos quatro mil torcedores grenás presentes no Araripe na conquista do 18º Capixabão da história da Desportiva. Logo após o jogo, ela já se preparava para ir ao Rio acompanhar o clássico do Vasco contra o Botafogo.
“Assim que acabou a festa da Desportiva, já fui para casa me arrumar para viajar para o Rio. Lá foi algo diferente, porque depois de anos sendo chamada para ser gandula do Vasco em uma partida eu finalmente consegui conciliar as datas e trabalhei no jogo”, afirma a beldade.
“Eu me considero pé quente, a Desportiva perdeu três jogos esse ano e eu não estava presente nesses jogos. Só vi a Tiva ganhar ou empatar esse ano. Já o Vasco não sabe o que é perder há mais de 6 meses e fui assistir duas vezes esse ano, a vitória contra o flamengo (1 a 0 em São Januário) e a final com o Botafogo que ficou 1 x 1 e se consagramos campeões”.
Paula se tornou musa da Desportiva e garota propaganda do programa de Sócio Torcedor grená no fim do ano passado. “Me tornei sócio torcedor da Tiva em dezembro de 2015, aí eles entraram em contato comigo e me fizeram o convite, e logo aceitei por ser para o time do meu coração aqui no Espírito Santo”, afirmou a loira, que frequenta jogos da Tiva desde 2008.
Como o Vasco não realiza um concurso oficial de musa, Paula participou de eleições paralelas em sites esportivos, ocasião que a fez cair nas graças da torcida carioca, que passou a adotá-la como musa do time.musa vasco 1
musa vasco 3
Gazeta Online