Na mira do Santos, Joel tem ‘muitas chances de sair’, diz Gilvan

Joel-Cruzeiro-WashingtonAlves-LightPress-08012016-480Contratado neste ano, Joel não correspondeu às expectativas e deve deixar a Toca da Raposa 

O camaronês Joel tem tudo para deixar o Cruzeiro e seguir novos rumos em 2016. De acordo com o presidente cruzeirense, Gilvan de Pinho Tavares, o atacante tem propostas de clubes do Brasil e do exterior, o que coloca como iminente a saída do jogador da Toca da Raposa. O Santos seria o destino do atleta 22 anos.

“O Joel está sendo pleiteado por muito clubes, inclusive estrangeiros. Não tomamos a decisão em definitivo para saber o que é melhor para o atleta e para o Cruzeiro. É um atleta que está sendo muito requisitado realmente”, colocou o mandatário celeste.

Nesta sexta-feira, o Cruzeiro apresentou o argentino Sánchez Miño e fechará contrato de três anos, neste sábado, com o também “hermano” Matías Pisano. Com a possibilidade de contratar o volante colombiano Gustavo Cuéllar, do Junior Barranquilla-COL, o clube celeste pode chegar a contar com seis jogadores gringos em seu plantel, somando-se as presenças de Ariel Cabral, De Arrascaeta e Joel.

 

De acordo com o Regulamento Geral das Competições da CBF, os clubes brasileiros podem relacionar no máximo cinco jogadores estrangeiros por partida. Diante do excesso de gringos no elenco, Gilvan admitiu que existem muitas chances de Joel ser negociado.

“Está com muitas chances de ele sair inclusive pela quantidade de propostas que temos pelo Joel e se ele sair, vamos ter o número exato de estrangeiros”, afirmou Gilvan.

Joel foi contratado na temporada passada pelo Cruzeiro, que pagou R$ 2,5 milhões ao Londrina por 50% dos direitos econômicos do atacante. Com contrato até 2020 com o clube celeste, o camaronês conviveu com lesões em 2015 e não se firmou na equipe mineira, marcando três gols em 26 jogos.

Fox Sports