"Não estou nesta casa para votar contra servidor", diz vereadora ao votar contra projeto de contratação da gestão Panta, veja o vídeo

“Não estou nesta casa para votar contra servidor”, diz vereadora ao votar contra projeto de contratação da gestão Panta, veja o vídeo

“Não estou nesta casa para votar contra servidor público”, questionou a vereadora de oposição Vanda de Vasconcelos (Avante), votando contra o projeto de Lei sobre contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público da gestão Panta, enviada a Casa de Antônio Teixeira sem ao menos os vereadores terem conhecimento do que estavam votando, “o conteúdo do projeto mexe com mais de oito leis e seus artigos e captos, nenhum servidor foi servidor foi comunicado e nem tão pouco o sindicato convidado para debater e que tem conhecimento de todas as leis que estão em vigor no município, por isso voto contra que é preciso debater o conteúdo das leis e para não causar injustiça e prejudicar quem deu a vida no serviço público, declarou.

A vereadora Vanda usou a tribuna e chamou a atenção dos colegas parlamentares que o projeto não tramitou nas comisssões e que nenhum vereador possui conhecimento das leis citadas e nós não podemos votar matéria de grande relevância que mexe com a vida do servidor como já aconteceu nesta casa. que o prefeito Panta envia as matérias e o comentário nas ruas que o culpado é a Câmara de Santa Rita, o projeto é do executivo e por isso peço aos vereradores que o projeto tramite nas   comissões, que não veio a acontecer e que a matéria foi aprovada por 15 voto, com 1 voto e uma abstenção em primeiro turno, lamentou a parlamentar Vanda de Vasconcelos.

Voto vencido, a vereadora Vanda ressaltou que as ações realizadas em plenário desta casa parlamentar tem repercussão em toda a Santa Rita, e o peso das matérias votadas contra o povo só decai encima  dos vereradores, portanto, é preciso prudência em saber o que vai votar para não prejudicar ninguém, é preciso tambem em primeiro lugar ajustar a cidade para depois votar-mos matérias complexa como foram votadas aqui só para arrecadar impostos do povo e nada tem a cidade e sem nenhum retorno para o cidadão e agora votar contra servidor, jamais disparou a parlamentar.

Lamartine do Vale