Náutico passa sufoco, mas vence e segue na ponta

naútico vence e assume liderança

O Náutico segue embalado na Série B 2015. Nesta noite, na Arena Pernambuco, o Timbu passou um sufoco que ainda não tinha vivenciado nesta Segundona, mas bateu o América/MG por 2×1, com gols de Diego e Douglas e Marcelo Toscano descontando. A vitória deixa os alvirrubros ainda invictos na competição, com 16 pontos e na ponta da tabela.

Desde os primeiros minutos, o confronto já dava a ideia de que seria equilibrado. Pudera, Náutico e América/MG vivem bons momentos na Série B e estavam dispostos a manter as sequências vitoriosas. Em casa, o Timbu tinha um pouco mais de ímpeto, mas o Coelho também se mostrava perigoso.

Contudo, ambas as equipes esbarravam nos bem postados sistemas defensivos adversários. O primeiro chute digno de nota só foi acontecer aos 23 minutos, quando Willian Magrão pegou de fora da área, mandando pela linha de fundo.  Mas foi o América/MG que teve a melhor chance de abrir o placar.

Após falha de Gastón, a bola sobrou alta. Cristiano mandou uma bela bicicleta, que parou no travessão. No rebote, Mancini bateu por cima do gol. A resposta alvirrubra foi letal. Aos 32 minutos, Rogerinho bateu falta na área. A defesa afastou. Fabiano Eller escorou de cabeça e Diego, de primeira, bateu por cima de João Marcelo, fazendo um golaço.

Com a vantagem, o Náutico passou a dominar as ações do jogo. No final do primeiro tempo, Willian Magrão descolou um belo lançamento para Rogerinho. O meia matou no peito e chutou de primeira, acertando a trave. No entanto, veio o segundo tempo e o América/MG cresceu consideravelmente.

Logo aos quatro minutos, Bryan fez grande jogada individual, passando por Guilherme e Hiltinho. Livre, o lateral-esquerdo cruzou para Marcelo Toscano, que só teve o trabalho de desviar de cabeça e conseguir o empate. Pouco depois, Hiltinho quase marcou, ao tentar cruzamento na área.

No contra-ataque, o Timbu seguia criando. Douglas teve outra boa chance de desempatar, mas bateu para fora. Apesar das boas oportunidades, o Náutico só foi passar à frente de novo com um pênalti. Hiltinho recebebu de cabeça de Douglas, arrancou e foi derrubado por Bryan. Na cobrança, Douglas bateu forte e fez o segundo.

Nos minutos finais, o Náutico perdeu o controle do jogo e passou a se defender mais na raça do que na técnica. O América/MG seguiu em cima, mas parava em Júlio César. Em contra-ataques, Renato perdeu duas boas bolas, mas o Timbu conseguiu segurar a apertada e suada vitória.

NÁUTICO
Júlio César; Guilherme, Diego, Fabiano Eller e Gastón; João Ananias, WillianMagrão (Bruno Alves), Marino, Hiltinho (Renato) e Rogerinho (Pedro Carmona); Douglas. Técnico: Lisca

AMÉRICA/MG
João Ricardo; Wálber, Wesley Matos, Anderson Conceição e Bryan; Leandro Guerreiro, Diego Lorenzi (Henrique Santos), Felipe Amorim (Sávio) e Mancini; Marcelo Toscano e Cristiano (Rubens). Técnico: Givanildo Oliveira

Local: Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata)
Árbitro:
 Marielson Alves Silva  (BA).  Auxiliar: José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA) .
Gols: Diego, aos 32 minutos do 1ºT; Marcelo Toscano, aos quatro, e Douglas, aos 30 minutos do 2ºT.
Cartões amarelos:
Felipe Amorim, Anderson Conceição, Marcelo Toscano, Bryan, Sávio (A); Douglas, João Ananias, Gastón, Bruno Alves (N)
Renda:
R$ 180.250 Público: 11.285