João Pessoa 23/05/2019

Início » Destaque » Neymar causa novo incômodo a Tite

Neymar causa novo incômodo a Tite

Em 2012, Tite, então técnico do Corinthians, não perdoou a atitude de Neymar, que jogava pelo Santos, durante um clássico entre as duas equipes, na Vila Belmiro. Acusou o atacante de simulação num lance em que sofreu uma falta e induziu o árbitro a expulsar um jogador do Corinthians. “É um mau exemplo para o meu filho, para os garotos que estão começando”, disse Tite, naquela oportunidade. Nesta sexta, sete anos depois do incidente, o agora técnico da Seleção brasileira se mostrou incomodado com a agressão recente de Neymar a um torcedor no Stade de France e com as perguntas sobre sua opinião a respeito do fato.

Numa entrevista longa na sede da CBF, no Rio, Tite foi indagado várias vezes sobre o comportamento de Neymar e se o soco no torcedor poderia representar alguma reprimenda pública ao número 10 da Seleção.

Neymar comemora gol pelo PSG
Neymar comemora gol pelo PSG

Foto: Stephane Mahe / Reuters

Com um discurso pronto, Tite disse que se estenderia sobre o assunto “no momento oportuno”. Ele até se confundiu ao responder a uma observação feita por um repórter, que lembrou de uma entrevista recente, em que Tite associou a ausência de Douglas Costa de uma convocação da Seleção a uma agressão do atleta em outro jogador, atingido por uma cusparada no rosto. De todo modo, na ocasião, Douglas Costa não poderia mesmo se apresentar porque estava contundido.

O repórter não disse que Tite excluira Douglas somente pela cusparada. Mas o técnico, nesta sexta, parecia em busca de um pretexto para se esquivar de falar sobre Neymar. “Cuidado com as colocações, pensem em quem está ouvindo … Temos que evitar manipulações.”

Quando a entrevista estava chegando ao final, Tite recebeu mais uma pergunta sobre Neymar, a respeito de o craque ter criticado publicamente colegas do PSG, após a final da Copa da França. Na defensiva, Tite rebateu, sem responder. “Te dou a oportunidade de fazer outra pergunta, com outro enfoque.”

Ao longo do encontro com a imprensa, o técnico também não quis dizer se Neymar será o capitão da Seleção durante a Copa América. “Entendo a pergunta, mas vou primeiro falar com Neymar. Depois, falo com vocês.”

Não havia como Tite esconder o novo desconforto protagonizado por Neymar. Os dias de treinos em Teresópolis, região serrana do Rio, a partir da semana que vem, tendem a atenuar a tensão do técnico em razão das atitudes de Neymar, que só deve se integrar ao grupo entre os dias 26 e 28 de maio.

Terra