Nilda Gondim diz que a Paraíba não se engana com campanha difamatória feita por opositores de Veneziano - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Nilda Gondim diz que a Paraíba não se engana com campanha difamatória feita por opositores de Veneziano

Nilda Gondim - Deputada federal - 02“É isso, caros críticos de plantão: Veneziano continua e continuará trabalhando e lutando pelo atendimento dos interesses dos campinenses e dos paraibanos. E quem o conhece sabe que essa campanha difamatória orquestrada por alguns setores que nos fazem oposição não tem fundamento nem consistência. O tempo se encarregará de mostrar o quanto Veneziano fez em benefício de Campina Grande e o quanto ele fará em benefício da Paraíba, de todos os paraibanos”, postou a deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) no Twitter e no Facebook.
Indignada com as “armações caluniosas” feitas através de setores da imprensa contra o ex-prefeito de Campina Grande, Nilda Gondim afirmou que nas últimas semanas a Paraíba vem assistindo estarrecida a uma campanha sórdida e antecipada contra a possibilidade de Veneziano Vital do Rêgo disputar e se eleger governador do Estado em 2014. “Os comentários são tão mesquinhos e despropositados que não merecem a mínima atenção, e muito menos resposta”, ressaltou.
“Mas para desgosto desses caluniadores de plantão, que servem a determinados ‘senhores’ bem conhecidos da opinião pública, a Paraíba conhece a ética, a dignidade, o respeito e o compromisso de Veneziano para com os interesses de todos os campinenses e dos paraibanos como um todo”, afirmou a deputada. E acrescentou:
“Prova disso são as milhares de ações que ele desenvolveu em favor de Campina Grande, das quais a Paraíba tem conhecimento e as quais nem a oposição nem os menos informados vão conseguir destruir nem apagar da memória dos campinenses e demais paraibanos que acompanharam os grandes benefícios que Veneziano proporcionou à cidade de Campina Grande nos últimos oito anos”.
“Fala-se no 13° salário e nos vencimentos de alguns poucos servidores que Veneziano não pôde pagar ainda em dezembro, mas ele deixou recursos no caixa da Prefeitura Municipal de Campina Grande (mais de R$ 1 milhão) que dá ao seu sucessor condições de pagar imediatamente tais compromissos”, continuou Nilda Gondim.
Ela afirmou que, “como se pode facilmente constatar (basta consultar as contas da PMCG), foram pagos os salários referentes ao mês de dezembro e décimo da maioria dos funcionários públicos – incluindo nessa fatia parte do pessoal da saúde e a totalidade dos servidores da educação, bem como os aposentados do Ipsem e os prestadores de serviço, que receberam na sexta-feira (28)”.
“E se alguns poucos salários só não foram pagos na sexta-feira (28), isto se deu porque os recursos provenientes do ICMS só chegaram no mesmo dia, através do Banco do Brasil, instituição que faz a transferência posterior para fonte pagadora para os servidores – no caso o Bradesco. Em virtude do feriado, a transferência só pôde ser feita no dia 02 de janeiro”, explicou.
Conforme lembrou a deputada peemedebista, Veneziano também deixou nos cofres da Prefeitura de Campina Grande, com o apoio do senador Vital do Rêgo Filho, que se empenhou em Brasília para viabilizar a transferência imediata dos recursos, R$ 10 milhões para custeio geral da Secretaria de Saúde, incluindo pagamento de pessoal.
“Veneziano também deixou nos cofres da PMCG a quantia de R$ 17 milhões, conseguida junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) por intermédio do senador Vital do Rêgo Filho, para a continuidade da execução das obras de duplicação da Avenida Senador Argemiro de Figueiredo. O depósito na conta da Prefeitura foi feito no final da tarde de sexta-feira (28)”, enfatizou Nilda Gondim.
Ela lembrou ainda que “na semana passada, Veneziano e o senador Vital do Rêgo Filho já haviam anunciado que a próxima gestão terá recursos da ordem de R$ 105 milhões garantidos (já devidamente empenhados) para dar continuidade às obras iniciadas na gestão Veneziano e para iniciar aquelas que foram anunciadas pela sua gestão, mas que não puderam ser iniciadas”.
“Veneziano deixa a Prefeitura de Campina Grande com a certeza do dever cumprido, e, conforme suas próprias palavras, ‘não serão alguns poucos que cultivam a paixão pelo poder que irão nos deixar de cabeça baixa’. Vale lembrar que Veneziano pagou em dia e dentro do mês trabalhado o salário dos servidores; realizou mais concursos públicos que todas as outras gestões que o antecederam (mais de dez), chamando mais de 6 mil novos servidores; implantou o calendário de pagamento; criou a Guarda Municipal; efetivou as categorias de agentes de saúde e de endemias; implantou os PCCRs dos servidores, incluindo médicos; deixou um Instituto de Previdência Municipal estabilizado e bem diferente do que encontrou em 2005, e investiu muitos recursos em obras que só sairão das vidas dos campinenses se forem demolidas”,comentou. E concluiu:
“Veneziano continua sendo o mesmo cidadão e o mesmo político ético, atuante e comprometido com Campina Grande e com a Paraíba. E dessa conduta ele jamais se desviará, porque, assim como eu e o senador Vital do Rêgo Filho, Veneziano tem os interesses dos paraibanos como prioridade número um”.
Lamartine do Vale com assessoria