Nilda Gondim homenageia mulher paraibana na manhã deste sábado (08) no Busto de Tamandaré - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Nilda Gondim homenageia mulher paraibana na manhã deste sábado (08) no Busto de Tamandaré

Deputada federal Nilda Gondim - 02A deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) estará na manhã deste sábado, 08 de março (Dia Internacional da Mulher), a partir das 7h30, no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, em João Pessoa/PB, conversando com as mulheres sobre a importância da participação feminina nas instâncias de poder político e administrativo da sociedade em todos os níveis, seja nacional, estadual e municipal.

As atividades fazem parte das homenagens que Nilda Gondim presta à mulher paraibana na condição de presidente do PMDB Mulher da Paraíba e também de única representante feminina a integrar a bancada federal do Estado no Congresso Nacional.

Desde que assumiu o seu mandato parlamentar de deputada federal, em fevereiro de 2011, Nilda Gondim firmou-se, em Brasília, como legítima representante da mulher, com atuação de destaque na Bancada Feminina do Congresso e com participação ativa nas instâncias de defesa da mulher, dentre as quais a CPMI que investigou o problema da violência contra a mulher no Brasil, de que foi membro titular, e a Subcomissão Especial criada pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados para debater o tema da violência contra a mulher no País, da qual Nilda foi presidente.

Como presidente do PMDB Mulher da Paraíba, a deputada vem trabalhando no sentido de instalar o segmento feminino em toda a Paraíba para estimular a participação da mulher paraibana na vida política e administrativa dos Municípios, do Estado e do País. O seu argumento principal nesse sentido é o seu próprio exemplo de mulher determinada a fazer o melhor para a sua sociedade.

“Além de constituir a maioria da população brasileira, a mulher é maioria também no eleitorado nacional, em todas as regiões do País e (para minha felicidade) no meu Estado, a Paraíba, onde, em janeiro deste ano de 2014, do total de 2.865.151 eleitores inscritos na Justiça Eleitoral, o total de 1.509.523 eleitoras representou o índice de 52.690% das pessoas aptas a votar, contra apenas 47.310% do eleitorado estadual formado por 1.355.458 eleitores do sexo masculino, segundo dados do TSE”, enfatiza a deputada.

Para ela, se a mulher é maioria em todos o Brasil, não há razão que justifique o fato de a participação feminina ainda ser extremamente inferior à presença masculina na representação política e administrativa do País e dos seus Estados e Municípios, mesmo estando o cargo mais importante da esfera administrativa nacional (a Presidência da República) ocupado por uma representante do sexo feminino, a presidente Dilma Rousseff.

Para mudar esse quadro e estimular as mulheres a participarem cada vez mais da vida político-administrativa das sociedades em que estão inseridas, Nilda Gondim defende primeiramente a intensificação da luta das congressistas em favor das mulheres por meio da elaboração e defesa de novos projetos, da proposição e cobrança de novas políticas públicas eficientes e da busca de mais recursos para investimento em programas voltados para as suas necessidades, com destaque para o combate à violência que cada vez mais ameaça as brasileiras, em todas as regiões do País.

“Atuando diretamente junto às mulheres das nossas bases de atuação política, seja por meio da integração dos nossos gabinetes com as representações políticas e sociais de cada localidade, seja pela nossa própria presença, pessoal ou por intermédio de nossas instituições partidárias, nós podemos não apenas ampliar os nossos canais de contato e de convencimento da classe feminina, mas, sobretudo, estimular um número cada vez maior de mulheres a dividir com os homens o comando dos destinos da sociedade”, afirma a deputada.

Um instrumento importante nesse processo, segundo ela, são as instâncias representativas das mulheres que integram as estruturas de boa parte dos partidos políticos brasileiros. “No nosso partido, temos o PMDB Mulher, órgão nacionalmente presidido pela colega deputada Fátima Pelaes (AP) e em nível regional por lideranças igualmente comprometidas com a causa da mulher, que vem se constituindo num elemento aglutinador de novas forças políticas femininas para ampliar e fortalecer nossa luta por uma sociedade econômica e socialmente mais justa e igualitária”, observa.

Por João Evangelista