Noite de domingo é marcada com dois assassinatos. Criminosos não são identificados - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Noite de domingo é marcada com dois assassinatos. Criminosos não são identificados

201306170750330000005440A noite de domingo, 16, foi marcada por dois assassinatos, sendo um na cidade de Santa Rita e outro na Capital. Nos dois casos a polícia ainda não tem pistas dos criminsos. O vendedor Severino Severo Correia, 34 anos foi morto a tiros dentro de sua residência, na rua Professor Severo Rodrigues, bairro Popular, em Santa Rita.

Segundo informações colhidas pela polícia junto com a esposa da vítima, Ivonete Maria dos Santos, passava das 19h e seu marido estava na sala assistindo a um jogo de futebol quando ouviram barulho de fogos de artifício. A mulher ainda pediu para não soltarem fogos e voltou para dentro de casa.

Minutos depois uma dupla de bandidos invadiu a residência e na sala um dos criminosos atirou contra Severino que caiu morto.

A polícia tomou conhecimento que a dupla de criminosos fugiu numa moto POP preta e não foi identificada.

A esposa de Severino Severo afirmou que seu marido não tinha rixa com ninguém e nem era envolvido com o mundo do crime. Ela revelou que ele trabalhava em um depósito de materiais de construção da cidade em Santa Rita.

Na Capital – o outro homicídio registrado na noite deste domingo, aconteceu na rua Sete de Setembro, na comunidade Bola na Rede, bairro dos Novais. A vítima foi identificada por Anderson Cabral de Vasconcelos, de 23 anos.

O assassinato aconteceu por volta das 22h e segundo as informações colhidas pelo delegado Pedro Ivo junto a parentes da vítima, Anderson Cabral andava com más companhias e um dos familiares chegou a dizer que “aquilo” já era esperado. O perito criminal Manoel Camelo constatou que a vítima foi atingida por três disparos, que atingiram o rosto, a clavícula e o ombro direito.

Cardoso Filho