Nonato só define apoio a Cartaxo em 2016 e não descarta aliança com o PSB

nonatobandeiraO presidente estadual do PPS e vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, disse, nesta quinta-feira (25), em contato com o Portal MaisPB, que não antecipará as decisões sobre as alianças que o partido deverá construir para a disputa das eleições municipais do próximo ano.

Segundo Nonato, cada eleição tem sua história e o que vai determinar o posicionamento da legenda será, entre outras coisas, o momento político.

Indagado sobre a continuidade da aliança com o prefeito Luciano Cartaxo, Bandeira disse que não só a aliança em João Pessoa, mas em todas as cidades, só serão definidas no próximo ano. “As eleições não se repetem, quem vai determinar se as alianças vão continuar será o momento político, se os compromissos foram cumpridos, as reuniões da executiva, do diretório, por isso não podemos antecipar qualquer decisão, pois pareceria autoritário de minha parte, já que sou presidente estadual do partido”, observou.

Sobre uma possível reaproximação com o PSB do governador Ricardo Coutinho, o vice-prefeito disse que como a eleição é municipal, será levada em consideração a realidade local de cada cidade. Segundo ele, não só com o PSB, mas também com os outros partidos, o PPS fará alianças nos municípios em que não tiver condições de lançar candidatura própria. “Onde tiver condições de compor com o PSB e outros partidos, faremos a aliança, até porque a eleição é municipal, e a realidade local será levada em consideração para a disputa”, arrematou.

MaisPB