João Pessoa 22/05/2019

Início » Destaque » Novato abre o jogo, declara voto e diz que Mesa Diretora não precisa de oposicionistas

Novato abre o jogo, declara voto e diz que Mesa Diretora não precisa de oposicionistas

O deputado estadual novato, Junior Araújo (Avante), eleito com 24.093 votos declarou nesta segunda-feira (21) sua preferência para ser o presidente da Assembleia Legislativa no segundo biênio. Para ele, Tião Gomes (Avante) é o melhor nome e também é membro do seu partido. No entanto, deixou claro que vai votar nos indicados pelo governador João Azevedo (PSB) e do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Eu acompanho o nome que venha a ser apresentado pelo governador e Ricardo, porém eu tenho preferência por Tião Gomes que é do mesmo partido ao qual sou filiado. Não há divergência dentro do partido”.

A polêmica ficou por conta de que para o futuro parlamentar, não é preciso a bancada do governo dialogar com a bancada oposicionista para compor a Mesa Diretora, porque, segundo ele, com 22 deputados, seria possível formar duas Mesas sem a necessidade de ter alguém da oposição.

“Nós temos uma bancada com 22 deputados e por isso não precisamos conversar com a oposição. Dá pra fazer duas mesas e contemplar a todos, quem for para a primeira mesa não vai para segunda. Não precisa dialogar com a oposição, temos vários partidos na bancada e assim teríamos uma Mesa eclética”.

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB) rebateu o novato em relação a não necessidade de ter oposicionista na Mesa.

“A Assembleia é um colegiado próprio e é um poder autônomo e lamentavelmente essa dicotomia entre Governo e Oposição não pode estar pautando os debates do Poder Legislativo. Nós temos que buscar o fortalecimento do Poder e construir consensos. Eu acho que a gente tem que evoluir nessa mentalidade porque dialogar é um principio. Todos são independentes e têm que dialogar e buscar entendimentos”, destacou o emedebista.

Blog do Ninja