Novela ‘Velho Chico’: Afrânio briga com o neto por Miguel rejeitar prostitutas

afranio prostitutasMachista, Afrânio (Antonio Fagundes) vai estranhar o desinteresse de Miguel (Gabriel Leone) por prostitutas, no capítulo desta terça-feira (31), na novela “Velho Chico”. Depois de levar o filho de Tereza (Camila Pitanga) e Santo (Domingos Montagner) a um bordel, o coronel Saruê recrimina o neto quando ele questiona seu sumiço. As desavenças entre os dois vão se agravando enos próximos capítulos da trama das nove o agrônomo vai sair de casa após outra briga com o avô.

Tudo acontece no dia seguinte em que Afrânio e Carlos Eduardo (Marcelo Serrado ) vão com Miguel a um bordel. Dopado por uma das mulheres que trabalham no local, o coronel se sente mal, agride Magda (Luiza Brunet) e acaba indo embora. Quando reencontra o neto, ele pergunta por que Afrânio sumiu durante a noite.

E como a melhor estratégia de defesa é o ataque, o Saruê responde: “Com aquilo tudo de cabrita pastando solta, você perdeu seu tempo procurando um bode velho que nem eu?!”. A verdadeira repressão por trás da fala do avô vem à tona quando Miguel tenta argumentar, mas ele o interrompe e recrimina: “Já tava até te estranhando! Isso aí deve sê coisa da família do seu pai!”. Carolos Eduardo, que se faz de capacho do sogro, ainda dá uma bronca no rapaz: “Quem você pensa que é pra tirar satisfação do seu avô? Ainda mais dentro de casa!”.

Miguel rompe com Afrânio e sai de casa

Para além da atração pelas mulheres do bordel, as desavenças de Miguel e Afrânio vão ficar cada vez mais graves por causa do funcionamento da fazenda. Como o coronel se recusa a ouvir os projetos de agronomia sustentável do neto, o doutor em agronomia vai perdendo a paciência. “Não vou dedicar mais um segundo da minha vida àquilo que eu não acredito! Olhe quantos empregados, quanta subserviência, quanta opressão tem nessa casa”, diz.

Contrariado com a presença do filho mais novo em sua casa, Afrânio afirma que é Martim quem está colocando Miguel contra ele, e os dois continuam discutindo. Quando ouve o avô dizer que o único resultado que lhe interessa é dinheiro no bolso, Miguel rebate: “Eu não busco cifras. Quero uma melhoria qualitativa e, de preferência, não só para os de Sá Ribeiro, mas para todos que façam parte disso”. Em seguida, ele pega seus pertences pessoais e saide casa, assim como o tio fez um dia.

(Por Samyta Nunes)