João Pessoa 24/05/2019

Início » Política » Novo procurador declara suspeição e deixa caso ‘Flávio-Queiroz’

Novo procurador declara suspeição e deixa caso ‘Flávio-Queiroz’

Claudio Calo entregou sua manifestação na noite desta terça-feira (5)

Após ser designado para assumir a investigação do caso que envolve o senador Flávio Queiroz (PSL) e o ex-motorista dele, Fabrício Queiroz, o promotor Claudio Calo, da promotoria de investigação penal do Rio de Janeiro, deixou a apuração.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, Calo se declarou suspeito e entregou na noite desta terça-feira (5) sua manifestação de suspeição ao promotor Marcelo Muniz, da Central de Inquéritos.

Ainda de acordo com Jardim, Calo decidiu não assumir o caso e se declarar suspeito para cuidar da investigação criminal porque teria de enfrentar conflito patente na apuração, pois ele coleciona manifestações públicas, pelo Twitter, que apontam pensamentos próximos das ideias da família Bolsonaro.

Notícias ao MinutoClaudio Calo (reprodução / TV 

Calo chegou a dizer em uma publicação que o relatório do Coaf não necessariamente indica crime. Além disso, ele retuitou outros posts de Flávio anunciando que daria entrevistas.

Agora, com a saída de Calo, a investigação fica interrompida até que um novo promotor seja anunciado para assumir o caso.

Minuto ao Minuto