O gesto de Tévez ao final da partida que pode ser uma crítica ao árbitro Rapahel Claus; veja

O gesto de Tévez ao final da partida que pode ser uma crítica ao árbitro Rapahel Claus; veja

O River Plate derrotou o Boca Juniors nesta terça-feira (1 de outubro) por 2 a 0 no Monumental de Nuñez, com gols de Borré e Nacho Fernández, e deu o primeiro passo para ocupar a vaga argentina na final da Conmebol Libertadores.

O Boca reclamou a arbitragem do brasileiro Raphael Claus, que utilizou o VAR em dois momentos. Na primeira etapa para marcar o pênalti em cima de Borré e, no segundo tempo, para dar o cartão vermelho para Capaldo, volante do Boca Juniors.

Após o fim da partida, o atacante Carlitos Tévez, que entrou na segunda etapa, foi pego fazendo um gesto que poderia estar indicando algo contra a arbitragem brasileira. Veja abaixo:

O confronto decisivo será na próxima terça-feira, às 21h30 na Bombonera. O River tem a vantagem do empate e pode perder por até um gol de diferença que se classifica à final. Se o Boca vencer por 2 a 0, a decisão irá para os pênaltis.

(Crédito da imagem: Divulgação/Instagram) 

Fox Sports