O PT conseguiu: sem chance de reação, ações da Petrobras viram aposta de risco

petrobras doisAs ações da Petrobras, que já foram as mais populares entre os pequenos investidores pessoa física, derretem desde o início de 2014, quando foi revelado o escândalo de corrupção pela Operação Lava Jato. No período, os papéis preferenciais (sem voto e os mais negociados) recuaram 69% -de R$ 16,75 para R$ 5,17 na sexta-feira (15).

Embora estejam baratas, as ações não são uma boa opção de investimento, segundo analistas do mercado. Isso porque não há perspectiva de recuperação no petróleo, a estatal reduziu brutalmente os investimentos, poderá ter produção e receitas menores e ainda corre risco de pagar indenização bilionária nos EUA.

“Analisando a companhia, não vemos nenhum motivo para o cliente se posicionar na ação”, diz Ricardo Kim, analista-chefe da XP Investimentos. “É importante que o investidor entenda que não é porque o preço caiu muito que ele vai voltar a subir.”

Segundo Roberto Indech, da Rico Corretora, a recomendação aos clientes que já tiverem papéis da companhia é manter o investimento neste momento. Para aqueles que não possuem as ações, o melhor é ficar longe delas.
(…).

Veja