PSC não fica na chapa de Lucélio se PP entrar na majoritária, diz pré-candidato

PSC não fica na chapa de Lucélio se PP entrar na majoritária, diz pré-candidato

O vice-prefeito de João Pessoa e pré-candidato ao Senado pelo PSC, Manoel Júnior, em entrevista à Rádio Campina FM, na tarde dessa quarta-feira, 1º, disse que seu partido dialoga apenas com o campo da oposição e que não teria dificuldade em se aliar a nenhum dos dois pré-candidatos ao governo do estado, Lucélio Cartaxo (PV) ou José Maranhão (MDB).

Apesar da afirmação, é determinação da executiva nacional que o PSC da Paraíba não se coligue com o PV, caso o partido entregue a segunda vaga ao Senado para o Progressistas.

– Se o PP firmar coligação não seguiremos com o PV, isso é uma determinação do presidente nacional do PSC, pastor Everaldo. Há uma exigência do partido que tenha posição na majoritária e na condição de pré-candidato ao Senado, meu nome foi colocado. O pastor Everaldo foi enfático, e disse que o PSC só estará na chapa majoritária daquele que respeitar essa precondição, que é a minha pré-candidatura ao Senado – ressaltou.

Além da majoritária, o PSC busca espaço na proporcional para agrupar os candidatos a deputado estadual e federal.

Segundo Manoel, o MDB e o PV têm condições similares para o agrupamento, caso a questão de coligação para a majoritária seja essa.

– Isto já está sendo analisado pelos nossos pré-candidatos a estadual e federal, mas a condição para a proporcional é similar e não existem diferenças entre as composições na chapa de Lucélio ou Maranhão – reforçou.

Caso o PSC se alie ao MDB, Júnior disse não acreditar em nenhuma dificuldade com relação ao prefeito da capital, Luciano Cartaxo, pois ele vai continuar sendo o vice e permanecer na oposição.

As informações são da Rádio Campina FM.