Oito pessoas são detidas suspeitas de integrar facções que estariam tocando o terror em JP


Foto: reprodução/Polícia Civil

A Polícia Militar já prendeu e apreendeu oito suspeitos diretamente ligados aos confrontos entre grupos rivais, na comunidade das Laranjeiras, no bairro do José Américo, durante operações realizadas nesse fim de semana. Nas ações, oito armas de fogo, 276 embalagens com drogas e mais de 100 munições de vários calibres foram apreendidas.

A última prisão aconteceu na madrugada desta segunda-feira (4), quando a Força Regional cercou uma casa, na comunidade das Laranjeiras, e prendeu dois acusados, de 35 e 21 anos, com duas espingardas, um revólver e uma pistola – armas que estavam sendo usadas nos confrontos na comunidade. Na residência, ainda foram encontradas 73 munições de três calibres diferentes e 50 papelotes de maconha. Horas antes, um adolescente de 17 anos tinha sido apreendido após trocar tiros com integrantes da Força Regional.

O comandante do 5º Batalhão, tenente-coronel Barros, disse que o trabalho no bairro e comunidades irá continuar. “Mais prisões devem acontecer nas próximas horas, estaremos com reforço dentro do bairro e nas comunidades dele, sem hora e nem dia para terminar. Esse trabalho tem o objetivo de garantir a segurança e tranquilidade das pessoas que moram e trabalham no bairro e não mediremos esforços para conseguir isso”, destacou.

A primeira resposta aos criminosos veio ainda no sábado (2), com a prisão de Danilo da Silva Araújo, 19, em um trabalho integrado do 5º Batalhão e Delegacia de Crimes Contra Pessoa (DCCPes). Ele foi preso com uma pistola e drogas. O acusado estaria envolvido no assassinato de um jovem, na quarta-feira (30), na comunidade das laranjeiras, que fica no bairro. O crime foi filmado pelos comparsas dele e ele aparece nessas imagens.

Ainda na tarde do sábado, outros quatro suspeitos foram detidos pelos policiais do 5º Batalhão, na comunidade das Laranjeiras. Os acusados, de 22, 21, 20 e 17 anos estavam em uma casa, onde foram apreendidos um revólver, um colete balístico e 226 trouxas de maconha prontas para a venda. Durante a noite, outro revólver foi apreendido quando policiais da Força Tática do 5º Batalhão realizavam incursões em um dos becos da comunidade.

Assessoria