Onyx: governo espera que votação da Previdência na Câmara seja concluída até quarta-feira

Onyx: governo espera que votação da Previdência na Câmara seja concluída até quarta-feira

DF – BOLSONARO/100 DIAS/METAS/ONYX – POLÍTICA – O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, apresenta 35 ações que serão as metas prioritárias dos primeiros 100 dias do governo Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta quarta-feira, 23. 23/01/2019 – Foto: MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

Ministro destacou que a expectativa do governo é repetir o “bom resultado” da votação em primeiro turno

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta terça-feira (6) que o governo espera que a votação em segundo turno da proposta de reforma da Previdência seja encerrada até esta quarta (7) na Câmara dos Deputados. A declaração foi feita pelo ministro após uma reunião com o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Queremos a nova Previdência, se possível, aprovada no início da noite de amanhã. Também sabemos que a oposição deverá apresentar uma série de destaques. Precisamos construir uma estratégia para enfrentar isso. A gente já espera que a oposição cumpra seu papel democrático de se contrapor”, afirmou Onyx.

Segundo ele, o início da discussão da proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19) deve ocorrer nesta noite, quando será votada a quebra de interstício (intervalo) de cinco sessões do plenário entre o primeiro e o segundo turnos.

Onyx destacou que a expectativa do governo é repetir o “bom resultado” da votação em primeiro turno, no mês passado, quando o texto-base foi aprovado por 379 votos favoráveis a 131 contrários. Assim como naquela, serão necessários agora também 308 votos para que a matéria seja aprovada e enviada ao Senado, onde também será analisada em dois turnos.

Os acordos entre os partidos para aprovar concessões à reforma da Previdência reduziram para R$ 933,5 bilhões a economia estimada em 10 anos. Ao encaminhar a proposta ao Legislativo, o governo federal pretendia gerar uma economia de R$ 1,236 trilhão, também no período de 10 anos.

*Com Agência Brasil