Operação no RJ tem cerco a policiais e tiroteio; 24 são presos

Traficantes montam barricada para dificultar ação de policiais em comunidade no bairro de Inhaúma (TV Globo/Reprodução)

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza na manhã desta terça-feira, 8, uma operação contra uma organização criminosa acusada de tráfico de drogas, roubo de cargas e latrocínios. As ordens aos integrantes partiriam de nove chefes do tráfico de dentro dos presídios.

De acordo com a rádio CBN, 24 acusados já foram detidos na operação, que cumpre 46 mandados de prisão e dez de busca e apreensão. A ação ocorre em São Gonçalo, Campos, Macaé, Nova Friburgo, Rio Bonito e Maricá.

No bairro de Inhaúma, na Zona Norte da capital fluminense, onde também ocorre a operação, duas equipes da Polícia Civil ficaram cercadas na favela e precisaram ser resgatadas.

A região fica próxima ao Ceasa e é marcada pelo roubo de cargas. Dentro da favela, os traficantes espalharam barricadas para dificultar a ação dos policiais. Em São Gonçalo, três homens foram presos após troca de tiros com os policiais.

Um tiroteio chegou a afetar a circulação de trens da Supervia nas proximidades da estação Costa Barros. A situação foi normalizada no início da manhã.

Passageiros, devido a um tiroteio nas proximidades da estação Costa Barros, trens do ramal Belford Roxo irão operar da seguinte forma:

Central do Brasil <-> Mercadão de Madureira

A comunidade Bateau Mouche

Veja