Oposição na ALPB caminha para iniciar legislatura sem líder definido; quatro nomes estão cotados, mas ainda falta o consenso

Oposição na ALPB caminha para iniciar legislatura sem líder definido; quatro nomes estão cotados, mas ainda falta o consenso

Falta menos de um mês para o início da nova legislatura na Assembleia Legislativa da Paraíba e até agora a oposição não definiu quem será o líder da bancada a partir do dia 1° de fevereiro. O deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL), irmão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) já colocou publicamente seu nome á disposição dos colegas, todavia, exigirá como contrapartida algumas condições que passam pelas pautas a serem encabeçadas pela bancada nesse início de mandato.

Além de Moacir, o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB é um dos que também têm se posicionado apto ao posto, todavia, nenhuma reunião para conhecimento da imprensa foi definida.

O PB Agora obteve informações que o grupo formado por pouco mais de dez deputados está se reunindo periodicamente em encontros reservados para definirem o tom que darão ao bloco assim que os trabalhos forem iniciados.

A expectativa é que ainda nesse primeira semana de janeiro os parlamentares voltem a se reunir em busca de um consenso.

“Nós combinamos de fazer a nossa primeira reuniu logo nos primeiro dia do mês de janeiro para definir quem será o nosso líder na Casa. Vários nomes já foram colocados e nós vamos dialogar e decidir sem dúvida nenhuma um nome para iniciar os trabalhos legislativos já com a nossa nova liderança”, disse Carneiro.

Nos bastidores a informação é de que os deputados tucanos Tovar Correia Lima (PSDB) e Camila Toscano PSDB) também podem ser cotados para assumir a missão.

PB Agora