“Ou sai Maranhão, ou sai Cartaxo”, diz Manoel Jr. sobre candidatura das oposições ao governo do estado

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), não acredita que o senador José Maranhão (PMDB) e o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) possam romper pela disputa ao governo do estado em 2018, rachando o grupo das oposições na Paraíba. Na avaliação do peemedebista, ambos devem chegar a um consenso em prol da união das legendas contra o projeto socialista do governador Ricardo Coutinho.

“Essa possibilidade é difícil. Ou sai Maranhão, ou sai Cartaxo. Nós estamos no campo das oposições e temos um compromisso de manter as alianças das oposições íntegras até as eleições de 2018”, garantiu Manoel. Ele salientou que ter vários nomes é positivo para o grupo e citou outros integrantes do grupo que poderiam disputar a vaga. “É bom que os partidos da aliança das oposições tenham nomes como o de Maranhão, de Cássio (Cunha Lima), de Romero (Rodrigues) e de Luciano, para que, no momento certo, tenhamos candidaturas competitivas”.

Em relação a possibilidade de seu colega de partido ser o nome do grupo, o vice-prefeito de João Pessoa ponderou que as consultas internas apontam em outra direção. “A preço de hoje, as pesquisas sinalizam para o nome de Luciano Cartaxo, tanto as qualitativas quanto as quantitativas”, disse. Para o peemedebista, o estado carece de um governo democrático e que possa olhar para as deficiências atuais. “O senador Maranhão é um homem experiente e saberá, no momento certo, dar aquilo que a Paraíba precisa”, finalizou.

Blog do Gordinho