Overeem quer remarcar duelo com Volkov: "Ainda estou muito motivado para fazer essa luta"

Overeem quer remarcar duelo com Volkov: “Ainda estou muito motivado para fazer essa luta”

Alistair Overeem x Alexey Oleynik UFC São Petersburgo — Foto: Getty Images

Após nocautear Aleksei Oleinik no último sábado, Alistair Overeem já apontou seu próximo passo. Em entrevista ao próprio canal do Ultimate, o peso-pesado de 38 anos admitiu que faria sentido enfrentar outro russo, Alexander Volkov, que seria originalmente seu rival no UFC São Petersburgo. Como o lutador foi retirado da luta por problemas de saúde, o holandês acredita que esse embate continua fazendo sentido.

– Com certeza. Ainda gostaria de enfrentá-lo. Ainda não o desafiei oficialmente, essa luta não aconteceu hoje à noite, mas vamos lá! Vamos lutar novamente. Ainda estou muito motivado para fazer essa luta.

A vitória de Overeem contra Oleinik veio ainda no primeiro round, depois que o russo tentou a finalização que costuma aplicar, chamada de “Ezequiel”, um estrangulamento mesmo estando com as costas no chão. Overeem garante que a todo o momento esteve relaxado.

– Não (senti que estava em apuros), mas o Aleksei tentou me finalizar. Tiveram algumas tentativas de estrangulamento por baixo. Ele estava tentando fazer algumas coisas. Ele estava lançando alguns socos. Pode ter parecido que eu estava em apuros, não parecia que estava numa situação boa, mas no geral estava bem relaxado. Sabia o que ele ia fazer. Não estava estressado, nem nada do tipo.

A expectativa antes da luta era que, enquanto Overeem tentaria mostrar seu kickboxing e manteria a luta em pé, Oleinik preferiria seu jogo agarrado. O russo, no entanto, não fugiu da trocação e jogou duros golpes no rival.

– Ele foi com tudo. Ele queria que fosse uma guerra, que ficássemos na trocação. E eu pensei: “Se essa luta durar cinco rounds, é melhor eu ir com calma, porque eu ainda tenho pela frente os rounds 2, 3, 4 e 5”. Então, me mantive relaxado e quis aproveitar as oportunidades.

– Eu diria que foi a joelhada no clinche (o momento decisivo da luta). Ele estava me empurrando para trás e tirei vantagem disso, e acertei uma joelhada direita bem no queixo e ele ficou meio tonto. Vi que estava funcionando, lancei mais algumas, ele não aguentou e caiu. E aí já partir para o ground and pound. Já tinha visto que ele estava machucado. O Aleksei é um amigo, não queria ir com tudo para cima dele, mas como não foram golpes fortes, o árbitro não interrompeu, então decidi lançar uma cotovelada forte e então o árbitro interrompeu.

Overeem também avisou que não devem subestimar seu jogo no chão. Ele é faixa-azul dos Irmãos Valente. Numa possível luta com Volkov, ele acredita que pode mostrar mais.

– Acho que as pessoas também subestimam o meu jiu-jítsu, apesar de eu não o usar muito. Depende do meu adversário. Com esse lutador teria que ser mais striking, definitivamente, porque ele é um grappler. Se fosse o Volkov, vocês veriam mais o meu jogo de chão.

Combate