Pai é acusado de levar maconha para filho preso em bolocha

maconha na bolachaO agricultor Francisco Salviano Filho, conhecido como Tota, está sendo acusado de deixar, na manhã da última terça-feira (02), na portaria da cadeia de Conceição, um pacote de bolachas recheado com maconha para ser entregue ao seu filho, Francimário Pereira Salviano, conhecido como Mário, que se encontra recolhido à unidade prisional da cidade acusado de um homicídio. Segundo a polícia, Tota deverá ser processado por tráfico de droga.

Segundo agentes penitenciários, o agricultor entregou o pacote de bolachas pelo portão da cadeia e, rapidamente, deixou o local. Ao perceber que havia droga dentro do alimento, o agente José Hióstenis acionou a direção da unidade prisional e a polícia. Policiais militares fizeram diligências, mas não conseguiram encontrar o acusado.

Dentro das bolachas foram encontrados 10 papelotes de maconha. Durante revista na cadeia, mais dois pacotes foram apreendidos com os detentos e os biscoitos apresentavam fendas supostamente para o transporte de celular para dentro do presídio. Todo o material foi encaminhado para a delegacia de Conceição e uma investigação será instaurada para apurar o caso.

Francimário Pereira Salviano, que seria dependente químico, está preso acusado de praticar um homicídio ocorrido no começo do ano passado, dentro de um hotel em Conceição. O crime teve forte repercussão na cidade e ele está aguardando julgamento.

MaisPB