Palmeiras empata e fica em situação delicada

Palmeiras empata e fica em situação delicada

palmeiras empata e complicaEm um confronto emocionante, o Palmeiras empatou com o Rosario Central por 3 a 3 na Argentina, pela 5ª rodada da Copa Libertadores, e continua em situação delicada no grupo 2. O alviverde chegou a ficar na frente do placar duas vezes, mas levou a virada e só empatou com um gol de Barrios em impedimento quando a equipe já tinha um a menos depois da expulsão de Gabriel Jesus, autor dos dois primeiros gols.
O resultado mantém a equipe com chances remotas de classificação na última rodada, mas agora não depende mais das próprias forças.
Apesar de precisar da vitória fora de casa, o Palmeiras entrou em campo com 3 zagueiros para suportar a pressão argentina. Mas quem saiu na frente foi o time brasileiro. Logo aos 4 minutos, Musto tentou recuar, mas errou o passe e Gabriel Jesus se antecipou para tocar na saída de goleiro Sosa.
Bem na marcação, o Palmeiras conseguiu fechar os espaços e o time argentino só conseguiu chegar ao empate em um lance de sorte na bola parada. Aos 32, Donatti cobrou falta, a bola desviou no meio do caminho e matou Fernando Prass.
Os argentinos cresceram depois do empate, mas a bola parada também funcionou do outro lado. Aos 44, Robinho cobrou falta e Gabriel Jesus desviou de cabeça para recolocar o Verdão na frente. Ainda na primeira etapa, Prass fez uma grande defesa na cabeçada de Herrera e garantiu a vitória parcial no intervalo.
A segunda etapa começou com uma ótima chance palmeirense. No contra-ataque, Gabriel Jesus invadiu a área e acertou a trave. Na volta, Robinho bateu cruzado e Sosa defendeu.
Mas a bola parada voltou a ser decisiva para os argentinos aos 5 minutos. Na cobrança de falta ensaiada, a zaga alviverde vacilou e Cerviu tocou por cima na saída de Fernando Prass.
Com a obrigação da vitória, Cuca mexeu no time e colocou Lucas Barrios e Zé Roberto nas vagas de Alecsandro e Robinho. Porém, quem voltou a marcar foi o Rosario. Aos 21, na cobrança de escanteio, Vitor Hugo segurou Musto e o árbitro marcou pênalti. Marco Ruben cobrou e virou o jogo.
O Palmeiras voltou a assustar aos 25. Egídio cruzou e Edu Dracena cabeceou na trave. A derrota parcial deixou o time com o ânimos exaltados e Gabriel Jesus acabou expulso. O atacante sofreu falta, revidou com um chute e levou o cartão vermelho depois de muita reclamação.
Apesar da desvantagem numérica, o Palmeiras não desistiu e empatou o jogo aos 31. Egídio cobrou falta e Barrios, em posição irregular, completou para a rede.
Nos minutos finais, o Rosario pressionou muito, mas o alviverde se segurou e ainda mantém as chances de classificação.
Com o resultado, o Palmeiras segue em 3º lugar da chave, com 5 pontos. O Rosario é vice-líder com 8 e o Nacional-URU lidera, também com 8 pontos e um jogo a menos. Para se classificar, o time brasileiro precisará derrotar o River Plate-URU na última rodada e ainda precisará torcer pela derrotar do Rosario contra o Nacional.

Band