João Pessoa 27/05/2019

Início » Esporte » Palmeiras faz o dever de casa contra Melgar e consegue segunda vitória na Libertadores

Palmeiras faz o dever de casa contra Melgar e consegue segunda vitória na Libertadores

O Palmeiras fez o dever de casa contra o Melgar e confirmou o favoritismo, vencendo por 3 a 0 para conquistar a segunda vitória do time na Libertadores.

Sem chance de zebra

Para não dar chance para a zebra, o Palmeiras entrou em campo ligado. Com a bola, fazia valer sua maior capacidade técnica. Sem ela, marcava alto e dificultava a saída do adversário.

O goleiro Cáceda era o grande destaque do Melgar. Teve trabalho logo aos três minutos, quando Dudu recebeu bola na canhota, avançou e tentou arremate, parando na defesa do goleiro.

O Verdão era ainda mais perigoso em cruzamentos. Dos dez aos 20 minutos, Cáceda teve de fazer ao menos três boas defesas para evitar o gol palmeirense. A pressão ia aumentando…

Até que, enfim, a bola entrou. Dudu fez o cruzamento, Ricardo Goulart desviou e Felipe Melo apareceu na segunda trave para completar. Cáceda tentou, mas não evitou o gol.

O primeiro tempo seguiu com domínio paulistano, e Cáceda continuava bem. O único lance que preocupou o torcedor da casa foi uma falta dura de Felipe Melo, perdoada pelo árbitro com um cartão amarelo.

Bom desempenho palmeirense

O Palmeiras seguiu não dando chance aos peruanos no segundo tempo. Para não correr sustos, Gustavo Scarpa cruzou na medida e Ricardo Goulart marcou o segundo tento.

No geral, o ataque palmeirense tinha bom desempenho. Scarpa era um dos destaques. O meia quase criou o terceiro gol em cobrança de falta. Christian Ramos desviou e Cáceda teve de se virar para evitar o gol contra.

Ricardo Goulart era outro destaque. Não só pelos arremates, quase sempre precisos, mas pela inteligência dos passes. Em um deles, conseguiu boa bola para Deyverson. O atacante se livrou de dois marcadores e finalizou bem para colocar mais um na conta.

Depois do terceiro gol, a equipe de Felipão tirou um pouco o pé do acelerador. O treinador mudou o time, que passou a administrar o resultado para confirmar, sem sustos, a segunda vitória na Libertadores.

O Gol