Paolla Oliveira com Juliana Paes e Grazi Massafera, a modelo do primeiro episódio

Paolla Oliveira comenta repercussão da pouca roupa de sua personagem em ‘Felizes para sempre?’

paola oliveiraBelo trio. Paolla Oliveira com Juliana Paes e Grazi Massafera, a modelo do primeiro episódio

RIO — O figurino de Danny Bond — ou a falta dele — foi um dos destaques de “Felizes para sempre?”, minissérie dirigida por Fernando Meirelles e exibida pela Globo no início do ano. Não é difícil imaginar, portanto, por que a atriz Paolla Oliveira, intérprete da prostituta que atendia pelo nome de Denise quando não estava em serviço, foi convidada para apresentar “Como manda o figurino”, quadro que estreia neste domingo, dia 22, no “Fantástico”, no ar a partir das 21h.

— Danny Bond foi realmente arrebatadora. Usava várias perucas, que ajudavam a criar diversas personagens dentro da personagem — comenta Paolla, que garante não ter se incomodado com a repercussão da famosa sequência em que apareceu apenas com um fio dental: — Fiquei feliz com o sucesso e com o trabalho por trás daquela cena.

Na atração, idealizada pela figurinista Gogoia Sampaio (na Globo há 25 anos) e dirigida por Fabrício Mamberti, seis participantes são desafiados a conceber trajes inspirados em figurinos de novelas que marcaram a história da emissora em seus 50 anos.

— Queria sair do meu dia a dia e imaginei que seria legal fazer um reality de figurino, diferente dos que já existem — comenta Gogoia, que é também mentora dos participantes.

Cada episódio terá um desafiante diferente, um artista no papel de modelo e dois jurados convidados. O primeiro desafio é proposto pela autora Gloria Perez: criar um figurino que poderia ser usado pela personagem Khadija (Carla Diaz), da sua novela “O clone” (2001), nos dias atuais.

— Os concorrentes tiveram que pensar como uma personagem de “O clone” se vestiria hoje, com modernidade, mas sem perder a essência — afirma Paolla.

As criações deste domingo serão desfiladas por Grazi Massafera e julgadas por Juliana Paes e pela figurinista Marília Carneiro, também da Globo. A cada semana um candidato será eliminado. O vencedor ganha a chance de trabalhar numa produção da emissora.

— Queria dar espaço para pessoas de todo o Brasil que dificilmente teriam uma oportunidade na Globo — diz Gogoia.

O papel de Paolla, que estreia no posto de apresentadora, é “ser uma ponte entre os telespectadores, os jurados e os concorrentes”.

— Graças a Deus não preciso julgar! Seria muito difícil. Estive com os participantes, os vi fazendo as roupas. São todos muito talentosos — comenta a atriz.

Os figurinistas Rafael Chaouiche, do Calógeras, no Paraná, Melissa Maia, de Manaus, Cássio Caiazzo, de Salvador, Yuri Yamamoto, de Fortaleza, Camila Babka e Rafael Debei, de São Paulo, estão na disputa. No último dos seis episódios, o público escolherá o vencedor, através da internet.

O Globo