Paraíba perde R$ 600 milhões por ano com corrupção na política - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Paraíba perde R$ 600 milhões por ano com corrupção na política

FOCOEm matéria especial do jornalista Daniel Motta, o Jornal Correio da Paraíba, edição deste domingo (8), destacou que a corrupção tem retirado dos cofres público cerca de R$ 600 milhões de reais por ano no Estado. Os números são alarmantes e chegam a superar atividades ilícitas como, por exemplo o tráfico de drogas.

De acordo com o Correio da Paraíba, somente em 2013, a Polícia Federal já soma 437 inquéritos sendo que 176 já foram instaurados.

O pior de tudo e que apenas 5% do que é desviado volta as cofre públicos, conforme foi explicado a reportagem pelo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, Aloízio Bezerra.

“Os gestores geralmente declaram que não possuem bens e depois investem os recursos públicos em negócios que são colocados em nomes de terceiros, para que não sejam descobertos”, diz Bezerra afirmando a dificuldade para conseguir rastrear os dinheiro desviado.

As áreas mais atingidas com a corrupção são: Saúde, Educação e Infraestrutura, como revela ao Correio, o chefe da Controladoria Geral da União (CGU), Fábio da Silva Araújo. De acordo com ele, já foram auditados recursos na ordem de R$ 667 milhões em 83 municípios, alvos de denúncias de má administração do dinheiro público.

Os inquéritos por corrupção também é maioria na Policia Federal, que superam os por tráfico de drogas, como conta o delegado Nivaldo Farias de Almeida. Nivaldo também revela dificuldade para colocar as mãos nos corruptos.

“Porque se tratam de crimes envolvendo pessoas que são responsáveis por receber e aplicar os recursos públicos. É difícil para a polícia identificar a corrupção, mas as investigações têm avançado muito. Atualmente, a maioria dos inquéritos instaurados e em andamento são, em maioria, por crime de corrupção.

MaisPB 

com Jornal Correio da Paraíba