João Pessoa 16/02/2019

Início » Destaque » Parlamentares pedem que Cartaxo revogue valor da passagem na Capital e consideram aumento abusivo

Parlamentares pedem que Cartaxo revogue valor da passagem na Capital e consideram aumento abusivo

A vereadora Sandra Marrocos (PSB) usou seu perfil numa rede social, na manhã desta segunda-feira (14), para cobrar do prefeito de João Pessoa, Luciano Cataxo (PV) a revogação do aumento no valor da passagem de ônibus. Marrocos disse que o aumento é “absurdo”.

Na postagem, a paralamentar escreveu que “João Pessoa é uma cidade de porte médio, e sofre com uma das tarifas de transporte coletivo mais caras do Brasil”. Segundo ela o aumento caracteriza “a exploração do povo trabalhador”. O valor da passagem de ônibus teve um aumento de R$ 0,40, passando de R$ 3,55 para R$ 3,95.

Sandra Marrocos, em sua postagem solicitou que uma nova planilha seja feita para que se chegue a um valor mais acessível. Até lá, a vereadora quer que o prefeito revogue o aumento. ““Exigimos que Luciano Cartaxo revogue essa decisão e abaixe o preço da passagem, refaça a planilha de preços e lance uma proposta visando o benefício da população e não os bolsos dos empresários”, declarou, e concluiu escrevendo que “Este valor é abusivo”.

O vereador Marcos Henriques também criticou o aumento autorizado pela prefeito de João Pessoa. É dele a autoria de Projeto de Lei que tramita na Câmara em que impediria o aumento da passagem dos transportes coletivos com índices acima da inflação. Em comunicado emitido na tarde desta segunda-feira (14), o vereador considerou extremamente abusivo e incoerente o aumento. “Nós temos uma população que depende dos transportes coletivos para se deslocarem ao trabalho, escolas, universidades, pessoas que sofrem diariamente com as péssimas condições oferecidas pelas empresas, com ônibus sucateados, coletivos com número excessivo de passageiros, não atendendo requisitos mínimos de segurança e conforto para os usuários deste serviço que tem arcar este aumento autorizado pela administração municipal, sem obter qualquer retorno em termos de melhorias’, ressalta o vereador.

Marcos Henriques também exigiu a apresentação de uma nova planilha de custos por parte dos empresários. “Estamos propondo que as empresas apresentem estas planilhas de custo para que possamos analisar de forma completa os dados financeiros”, argumentou.

 

PB Agora