O pedreiro Michel Ferreira da Silva, 31 anos, foi executado a tiros em Cabedelo

Pedreiro é executado a tiros dentro de bar na frente de amigos em João Pessoa

REVOLVER DEDO GROSSOO pedreiro Michel Ferreira da Silva, 31 anos, foi executado a tiros na tarde desta quinta-feira (29). O crime aconteceu no município de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa.

De acordo com a polícia, o pedreiro estava no bar do Duda, na comunidade Nova Esperança no conjunto Renascer II, acompanhado de amigos bebendo e jogando sinuca quando chegaram dois homens a pé.

Os desconhecidos não disseram nada, sacaram as armas e já foram atirando em Michel Ferreira que foi atingido com vários disparos na cabeça e morreu no local.

No momento do crime várias pessoas se encontravam no bar, mas quando a polícia chegou as poucas pessoas que permaneceram no estabelecimento comercial não quiseram falar nada sobre o que viram.

Durante as investigações, a polícia não descobriu nenhum motivo que possa ter levado os dois homens a cometer o assassinato, uma vez que as informações são de que o pedreiro era uma pessoa de bem.

Paulo Cosme\Jota Ferreira