Pedro faz o dele, mas Fluminense cede o empate ao Bahia no Maracanã

Pedro faz o dele, mas Fluminense cede o empate ao Bahia no Maracanã

O 10º gol de Pedro, artilheiro do Brasileirão, não foi o suficiente para os mais de 16 mil torcedores do Fluminense deixarem felizes o Maracanã na noite deste domingo.

Depois de sair em vantagem com o gol do camisa 9, o Fluminense não conseguiu segurar a vantagem e ficou no empate em 1 a 1 contra o Bahia, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O tricolor carioca chega aos 22 pontos e segue na 9ª colocação. Já o Bahia comemorou o gol de empate, pois chegou aos 18 e deixou a zona do rebaixamento, aparecendo na 15ª colocação com um jogo atrasado por fazer.

O toque do artilheiro

O Bahia teve mais a posse de bola no começo da partida, mas foi o torcedor do Fluminense quem comemorou primeiro. E o autor do gol não surpreendeu ninguém.

Matheus Alessandro recebeu próximo da lateral esquerda, fez um belo giro sobre a marcação, brigou pela bola com outros defensores do Bahia e tocou para Pedro. O camisa nove dominou na entrada da área, olhou para o gol defendido por Anderson e bateu com categoria. Um belo gol.

Mesmo em desvantagem, o time visitante ainda era um pouco melhor, e ficou perto do empate aos 27, quando Zé Rafael dominou com o peito na entrada da área e bateu na bola antes dela bater no chão. Júlio César apareceu bem para manter a vantagem do time tricolor.

Deu espaço, o Bahia aproveitou

O Bahia não aproveitou o espaço que teve no primeiro tempo e começou a segunda etapa tendo mais uma chance de igualar o marcador, com Elton tentando de cabeça, mas errando o alvo.

E o tricolor baiano seguia perdendo oportunidades. Aos 19 foi no contra-ataque que Zé Rafael não soube aproveitar e aos 24 foi a vez de Gilberto, na pequena área, demorar demais para finalizar e acabar sendo travado por Digão.

O Fluminense quase chegou ao segundo gol com uma retribuição de Pedro, que serviu Matheus Alessandro dentro da área, mas o chute foi para fora.

E com os espaços sempre sendo oferecidos, o Bahia enfim aproveitou. Aos 36, Élber fez um cruzamento na medida para Edigar Junio, um pouco na frente da linha de impedimento, completar de cabeça e deixar tudo igual no marcador.

Próximos compromissos

O Fluminense agora tem mais do que uma semana para se preparar, já que só volta a jogar no dia 13, contra o Internacional, mais uma vez no Rio de Janeiro, em jogo marcado para as 20 horas (de Brasília).

Já o Bahia entra em campo na quarta-feira, às 21h45, para o duelo de volta contra o Cerro, pela Copa Sul-Americana, com a vantagem de ter vencido por 2 a 0 em Salvador. No Brasileiro, o compromisso é no sábado, 19 horas, contra o América-MG, em casa.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 1 X 1 BAHIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de agosto de 2018, domingo
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Renda: R$ 392.845,00
Público: 16.548 presentes (15.461 pagantes)
Cartões Amarelos: Airton, Léo, Gum, Sornoza (Fluminense); Gregore, Élber (Bahia)
GOLS: FLUMINENSE: Pedro, aos 20 mindo 1º tempo BAHIA: Edigar Junio, aos 36 min do 2º tempo

FLUMINENSE: Julio Cesar, Léo, Gum (Ibañez), Digão e Ayrton Lucas; Airton, Jadson e Junior Sornoza (Everaldo); Marcos Júnior (Richard), Matheus Alessandro e Pedro Técnico: Marcelo Oliveira

BAHIA: Anderson; Bruno (Nilton), Tiago, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore, Elton, Vinicius (Everson) e Zé Rafael; Edigar Junio e Gilberto (Élber) Técnico:Enderson Moreira

ESPN