PEN FORTE: Cássio afaga Agra, reafirma parceria com Ricardo Marcelo e comenta chapa ‘Café com Leite’

Cássio ricardo e agraMantendo um bom relacionamento com o Partido Ecológico Nacional (PEN), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afagou o ego de duas lideranças da legenda na Paraíba: o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba Ricardo Marcelo e o ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra, personagens, segundo ele indispensáveis na eleição que se avizinha.

Considerando o partido como um aliado de primeira hora, Cássio contou que tem sempre se encontrado com o presidente do Poder Legislativo paraibano, tendo inclusive participado nos úlitmos dias, ao seu lado de uma reunião com o deputado Vituriano de Abreu (PSC).

“Hoje mesmo eu conversei com o presidente Ricardo Marcelo por duas vezes, faço estes contatos não com tanta regularidade, começamos a conversar de política um pouco mais recentemente, mas chegou o momento que as conversas os diálogos e os entendimentos deverão ser intensificados”, contou Cássio que recentemente recebeu um gesto interessante de Ricardo Marcelo: a de que abriria mão de uma indicação na chapa tucana em nome do projeto para que os demais partidos sejam beneficiados.

Cássio massageou o ego do ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra, ao ser questionado se Agra seria um bom companheiro de chapa, Cássio disse que: “É natural você tentar contemplar, um nome como o de Luciano Agra é fantástico!”, argumentou, sendo endossado por Ricardo Marcelo: “Agra hoje tem uma liderança muito grande na Paraíba inteira e em João pessoa principalmente onde foi um grande prefeito, um gestor e que hoje tem uma liderança inconteste na capital, é o único que tem condições de dar um suporte a uma chapa majoritária em João pessoa, então é oportuno que todos nós comungarmos em levar ele a chapa majoritária”. declarou o presidente Ricardo Marcelo em recente entrevista na cidade de Soledade.

CAFÉ COM LEITE: Cunha Lima ilustrou o seu argumento fazendo uso da geopolítica, para dizer que a política Café com Leite, ilustrada por São Paulo e Minas Gerais deve ser exemplificada pela grande João Pessoa e por Campina Grande na importância do eleitorado local.

“Lula nasceu em Pernambuco, foi radicado em São Paulo e foi buscar em Minas o seu vice (José de Alencar) e existe a velha politica Café com Leite por conta do contingente eleitoral e isso é normal, se você pegar a grande João Pessoa se você pegar Cabedelo, Santa Rita e Bayeux e a própria João Pessoa você tem 23% do eleitorado, coincidentemente é o percentual que São Paulo representa para o Brasil, quando você olha o eleitorado de Campina Grande você tem 10% do eleitorado coincidentemente é o que Minas representa para o Brasil, ou seja: São Paulo e Minas estão para o Brasil assim como a Grande João Pessoa e Campina estão para a Paraíba”, explicou.

Quanto à elegibilidade nas eleições 2014, Cássio foi enfático: “A consulta ainda não foi feita, mas poderá ser acontecer sem problemas, eu não me preocupo com isso”, concluiu. E vocês amigos internautas, Luciano Agra é o vice ideal de Cássio Cunha Lima? Opine no espaço destinado aos comentários.

 

 

Henrique Lima 

PB Agora