Pensando em renovação, deputado tucano ‘topa’ assumir liderança da oposição na ALPB em 2016

bruno c lima 1O deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB), afirmou nesta terça-feira (05) que aceita assumir a liderança da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba-ALPB. O parlamentar disse que vê “com bons olhos a especulação em torno do nosso nome para ocupar a liderança em 2016”.

Ele ressaltou que fica feliz pela lembrança, destacando que isso ocorre por causa do “bom relacionamento que nós temos com todos os deputados da oposição e também da situação”, o que não os impede de “realizar o bom debate na Casa”.

O tucano revelou que a bancada firmou um acordo, por indicação dele próprio, “de fazer o revezamento – da liderança – de um em um ano, dando um maior dinamismo ao processo”.

Bruno Cunha Lima informou que a bancada da oposição deve se reunir ainda no mês de janeiro para debater o assunto e que é só o seu nome que está sendo cogitado para ocupar a função, já que “tem outros grandes deputados e deputadas que podem assumir a condição de líder”. Ele esclareceu que essa decisão vai ser tomada de forma “colegiada e consensual do grupo, até porque ninguém é líder de si mesmo”.

O parlamentar adiantou que, caso seja eleito líder da oposição, vai manter entendimentos com a bancada para elaborar um plano de atuação “muito firme e estabelecer uma agenda propositiva para o ano de 2016. Afinal de contas, o governo do Estado tem dado razões à oposição na Assembleia para atuar de forma mais contundente”.

Ele justificou a atuação mais efetiva da oposição ao acusar o Executivo de “esquecer do nosso ordenamento jurídico e passar por cima daquilo que as leis prezam e rezam, e isso nos incita a fazer uma oposição mais firme”.

O aval para o nome de Bruno vem também do presidente estadual do PSDB, ex-deputado federal Ruy Carneiro. Para ele, o novo líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba será um dos quatro deputados do partido na Casa.

“Dentro do rodízio, esse ano e o próximo vai cair para o PSDB e acho que qualquer um desses estará qualificado para fazer um bom trabalho. Mesmo sendo jovens, têm garra e, sobretudo, compromisso com a tese da oposição”, afirmou.

Linduarte Júnior – Com informações de Henrique Lima

Foto: PBAgora