Perícia diz que trem, ônibus e carros foram culpados de acidente em Santa Rita; 4 pessoas morreram

acidente-santa-rita-períciaA polícia civil da Paraíba realizou uma coletiva na manhã desta sexta-feira (06) para esclarecer as circunstâncias do acidente entre um trem e um ônibus, acontecido em Santa Rita no dia 29 de fevereiro.

O perito Lúcio Flávio falou do momento exato da colisão foi as 15h31. Ele também destacou a imprudência do condutor do ônibus e as condições do trem em relação ao velocímetro e freios.

De acordo com o perito, o ônibus não podia ter parado nos trilhos como fez e o trem também estava em péssimas condições.

Robson Félix falou como os peritos conseguiram chegar às conclusões e entender a dinâmica do acidente, através de estudos da velocidade dos veículos.

Outros veículos e a sinalização precária teriam influenciado no acidente. Para o perito, Lúcio Flávio, todos tem culpa: o trem, o ônibus e os veículos de terceiros que estavam no local e influenciaram no acidente.

Por fim o delegado Everaldo Medeiros falou dos indiciados, destacando que cada um vai responder, inclusive a CBTU e a prefeitura.

A cobertura completa você acompanha no programa Cidade em Ação da TV Arapuan a partir das 12h.

Entenda – O acidente envolvendo um trem e um ônibus ocorrido na tarde da segunda-feira (29), em Várzea Nova, Santa Rita vitimou dez pessoas, todas em estado grave instável. Três pessoas morreram no local e outra no Hospital de Trauma.

O motorista do ônibus que foi atingido por um trem da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na cidade de Santa Rita, se apresentou as autoridades policias, na tarde da segunda-feira (1°).

O homem, que estava foragido desde o acidente, se entregou na 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita,  e foi ouvido pelo delegado Antônio Farias, que também colheu depoimento do maquinista da locomotiva.

Marília Domingues / David Martins