Peter confia na salvação contra o Bahia e fala em mudanças para 2014 - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Peter confia na salvação contra o Bahia e fala em mudanças para 2014

fluminense e vascoO Fluminense pode escrever neste domingo um capítulo triste de sua história centenária. Em situação delicada no Campeonato Brasileiro, vai a campo na Fonte Nova para enfrentar o Bahia e a possibilidade de rebaixamento. Com 43 pontos e ocupando a 18ª posição, a equipe do técnico Dorival Júnior precisa vencer e ainda torcer por tropeços de Vasco e Coritiba. Apesar da dificuldade da missão, o presidente Peter Siemsen mantém a confiança e não teme ficar marcado em caso de insucesso. A partir da próxima temporada, no entanto, o futebol tricolor passará por mudanças em sua estrutura.

marcão peter siemsen fluminense treino (Foto: Nelson Perez / FluminenseFC)Peter Siemsen ao lado do ex-volante Marcão em Salvador: confiança na salvação (Foto: Nelson Perez / FluminenseFC)

– Tenho muita confiança de que vamos alcançar a vitória sobre o Bahia, e os resultados serão favoráveis nos outros jogos. O importante é que em 2014 vamos trabalhar com um orçamento bem organizado e a filosofia clara de formar uma nova espinha dorsal para o time. Vamos construir um elenco para mais alguns anos e valorizar os jovens que estão passando por um processo de amadurecimento rápido. É fundamental que a gente olhe para o futuro sempre – resumiu Peter em entrevista ao GloboEsporte.com no hotel em que a delegação tricolor está hospedada em Salvador.

As mudanças confirmadas pelo presidente já eram esperadas. No próximo dia 31 de dezembro, alguns jogadores ficam sem contrato. São os casos do zagueiro Anderson, do volante Edinho, do meia Felipe e do atacante Rhayner (este último já foi até liberado). Repetindo sempre as palavras construção e futuro, Peter afirmou que o trabalho seguirá com a mesma filosofia atual, independentemente da divisão que o Fluminense disputar em 2014.

– O Fluminense ainda tem muito a construir. Trabalhamos muito duro nesses três anos, com alguns focos no longo prazo, e nos deparamos hoje com uma situação difícil. Se no ano passado tivemos felicidade no resultado do futebol profissional, em nenhum momento deixei de frisar que precisávamos construir o futuro. Foi assim em 2012, está sendo assim agora e será assim nos próximos três anos. O Fluminense trabalha o tempo todo com foco na construção. Vamos contruir o CT, vamos melhorar ainda mais as finanças, vamos continuar construindo um trabalho cada vez melhor em Xerém. Sabemos que os jovens que estão passando por esse momento de dificuldade serão atletas mais maduros em 2014. Se não perdemos o foco nesse trabalho, vamos continuar construindo o futuro do Fluminense independentemente do resultado de domingo.

Se no ano passado tivemos felicidade no resultado do futebol profissional, em nenhum momento deixei de frisar que precisávamos construir o futuro. Foi assim em 2012, está sendo assim agora e será assim nos próximos três anos.
Peter Siemsen

A diretoria foi em peso para Salvador. Além do presidente, o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano, o gerente Marcelo Teixeira, o vice-presidente de relações institucionais Alexey Dantas e o ex-volante Marcão, que deve ser confirmado como auxiliar técnico permanente a partir da próxima temporada, também estão na capital baiana. Perto do elenco durante toda a semana, Peter garantiu que o Fluminense vai fazer a sua parte e pediu para a torcida acreditar.

– Sinto o time com um espírito muito semelhante ao do jogo contra o Atlético-MG. O elenco trabalhou muito a cabeça durante a semana e está muito focado. Temos que acreditar porque a gente sabe que o futebol não é só de alegrias e vitórias. Precisamos saber lidar com as derrotas e enfrentar com muita dedicação, foco e dignidade esse momento difícil. Estou vivendo essa semana mais uma vez com o departamento de futebol, com os atletas, com a comissão técnica e estou vendo o trabalho que está sendo feito. Tenho certeza de que vamos, sim, buscar o nosso resultado. E acredito que seja possível, sim, que os outros jogos cheguem a um resultado que também nos interesse – frisou.

O Fluminense encerra sua participação no Campeonato Brasileiro de 2013 neste domingo, contra o Bahia, às 17h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Além de vencer, o Tricolor precisa torcer por tropeços de Vasco e Coritiba – que enfrentam Atlético-PR e São Paulo, respectivamente. Segundo os cálculos do matemático Oswald de Souza, o clube das Laranjeiras tem 80% de riscode rebaixamento.

 

G1.com